Na China, Tiggo 7 recebe evoluções e até opção híbrida-leve

Aprimoramentos no SUV médio podem chegar ao modelo nacional da CAOA Chery
Primeiras imagens não oficiais do Tiggo 7 Plus

Primeiras imagens não oficiais do Tiggo 7 Plus | Imagem: Reprodução internet/Autohome

O site chinês Autohome divulgou nesta semana mais informações sobre a atualização profunda que a Chery prepara para o Tiggo 7 em seu país de origem.

Segundo o veículo de imprensa, o Tiggo 7 Plus foi revelado para concessionários e fornecedores da empresa em fevereiro deste ano, porém só agora os primeiros flagras da novidade começaram a circular.

É importante acompanharmos de perto as evoluções para o SUV médio, uma vez que elas podem balizar a atualização do modelo produzido no Brasil pela CAOA Chery.

Com a concorrência cada vez mais acirrada na categoria, sobretudo após a estreia do Toyota Corolla Cross e do VW Taos, certamente a marca nacional está preparando novidades para o seu representante entre os SUVs médios. 

Como é possível notar nas fotos do inédito Tiggo 7 Plus chinês, o modelo traz aprimoramentos em relação ao já conhecido Tiggo 7 Pro e passa a contar com um visual mais arrojado. 

Toda a dianteira foi revista, com novos faróis, grade frontal, para-choque, entre outras melhorias. A traseira também conta com uma nova tampa do porta-malas e para-choque. 

Parte interna toda renovada

Por dentro, o Tiggo 7 Plus também entrega melhorias relevantes.

A Chery aplicou no SUV um novo conjunto de telas, que agrega tanto o painel de instrumentos como a central multimídia.

Notamos também nas imagens a presença da alavanca de câmbio no formato joystick e uma reformulação completa do console central.

Tiggo 7 com opção híbrida-leve

O Tiggo 7 Plus chinês também chegará ao mercado local com novidades importantes sob o capô.

Por lá, a Chery vai disponibilizar no SUV o mesmo motor 1.6 TGDI, com turbo e injeção direta, oferecido no Brasil sob o capô do Tiggo 8. Por lá, a ficha técnica do Tiggo 7 Plus aponta 197 cv e cerca de 30 kgfm de torque, sinalizando leves aprimoramentos na unidade de potência.

Ainda merece destaque a nova combinação mecânica híbrida-leve que estreia no Tiggo 7 Plus. Ela é baseada no 1.5 turbo e na arquitetura elétrica de 48V, com o motor não poluente instalado na transmissão.

De acordo com os dados preliminares, o conjunto será capaz de entregar torque máximo de 25,5 kgfm, favorecendo o desempenho e reduzindo o consumo.

Por aqui, qualquer atualização no CAOA Chery Tiggo 7 talvez não deverá ocorrer antes de 2022. 

Interior do novo Tiggo 7 Plus: instrumentação digital e interior todo revisto
Interior do novo Tiggo 7 Plus: instrumentação digital e interior todo revisto
Imagem: Reprodução internet/Autohome