Análise: na faixa de R$ 80 mil, optar por uma Strada Volcano ou uma Oroch de entrada?

Picapes entregam propostas interessantes dentro de uma faixa de preço muito parecida
Fiat Strada e Renault Duster Oroch

Fiat Strada e Renault Duster Oroch | Imagem: Montagem Autoo sobre fotos de divulgação

Talvez uma das categorias que mais tenha apostado em soluções inovadoras nos últimos anos foi o segmento de picapes. Uma grata evolução entre esse tipo de veículo foi o advento das carrocerias compactas-médias, tendo como representantes a Renault Duster Oroch e a Fiat Toro.

Neste ano, a renovação completa da Fiat Strada também trouxe uma peculiaridade interessante para quem deseja uma picape de menor porte. Modelo que adaptou a ideia de uma cabine dupla para o segmento de picapes compactas, em sua nova geração a Strada agora traz como aprimoramentos as quatro portas e um espaço interno efetivo para cinco pessoas. Longe de ser uma adaptação em cima de um projeto já existe, como ocorria com a primeira geração, a nova Strada 2021 foi concebida desde o início para dar uma nova ênfase à carroceria cabine dupla e o resultado agradou bastante.

A ideia da Fiat com a sua nova Strada cabine dupla é ir além dos consumidores que utilizam a picape para o trabalho e cativar também um público muito específico que desejava um carro com a versatilidade que uma caçamba oferece para o transporte de objetos mais volumosos, mas também capaz de transportar a família ou amigos.

Não por acaso, a nova receita da Fiat mostrou-se acertada e sua versão topo de linha Volcano hoje já responde por uma boa parcela das vendas do modelo.

Hoje uma Strada Volcano conta com preço sugerido de R$ 79.990 e tem como único opcional as rodas de liga leve aro 16” a um custo de R$ 2.500 (de série as rodas também são de liga leve, porém aro 15”). Se olharmos para o mercado, uma alternativa muito próxima em termos de valor é a Renault Duster Oroch de entrada, no caso em seu catálogo Dynamique 1.6 manual de R$ 82.890.

Como figura em um segmento acima, a Duster Oroch é claramente superior em relação à Strada Volcano quando analisamos suas dimensões. A representante da Renault conta com 4,69 m de comprimento, 1,82 m de largura e 1,69 m de altura, com um entre-eixos de 2,82 m. A representante da Fiat registra 4,47 m de um para-choque a outro, 1,73 m de largura e 1,59 m de altura. O entre-eixos, no caso da Strada Volcano, é de 2,73 m.

Curioso que, apesar da superioridade da Duster Oroch no porte, a capacidade de carga dos dois modelos é semelhante. Temos na picape da Renault um volume admissível de 683 litros de bagagem ou 650 kg de carga. A Strada cabine dupla também pode ser carregada com os mesmos 650 kg e supera, com folga, a rival no quesito capacidade volumétrica, com caçamba para 844 litros.

Um ponto importante - e aqui cada consumidor deve pesar as suas necessidades de uso - é que ao ser derivada de um SUV compacto, as dimensões maiores da Oroch conferem um espaço interno mais confortável aos seus cinco passageiros. Em especial pela largura da carroceria e o entre-eixos superiores em relação à Strada, os ocupantes a bordo da Oroch contam com bem mais área para acomodar as pernas e o tronco. Na nova Strada, o espaço interno e a facilidade de acesso estão exponencialmente melhores se comparados com a sua primeira geração, porém dois adultos de maior estatura no banco traseiro claramente vão achar o espaço acanhado.

Obviamente, é importante destacar que a Fiat optou por manter o porte da nova Strada mais comedido até pelo fato de oferecer no andar de cima a Toro, a qual conta com uma cabine superior. A Strada, de toda forma, é um modelo mais prático para o uso cotidiano na cidade.

Ainda não sabemos se a Renault vai aplicar na Oroch as mesmas melhorias estéticas e de acabamento que o Duster recebeu no começo de 2020, algo que seria bastante desejável. Uma falha grave da Oroch é não oferecer o controle de estabilidade, recurso presente na Strada Volcano, inclusive com o controle de tração avançado E-Locker.

A primeira vista temos uma diferença grande em termos de deslocamento dos motores aplicados na Strada Volcano e na Duster Oroch mais acessível, com a representante da Fiat apostando em um 1.3 de 109 cv e a picape da Renault saindo de fábrica com o 1.6 de 120 cv sob o capô, nos dois casos com etanol.

Na prática, considerando os números oficiais, a Strada Volcano consegue ser mais rápida do que a Oroch, acelerando de 0 a 100 km/h em 11,2 segundos, enquanto a picape da Renault precisa de 12,5 segundos para cumprir a mesma prova. Nesse ponto, o peso bem inferior da Strada Volcano, no caso 1.174 kg, repercute em uma sensível diferença em relação à Oroch Dynamique 1.6 com seus 1.292 kg.

Outra vantagem do menor peso da Strada fica para o consumo, com parciais de até 12,1 km/l na cidade e 13,3 km/l na estrada com gasolina. A Oroch Dynamique 1.6, por sua vez, alcança 11,1 e 11,2 km/l, respectivamente, nas mesmas condições de uso.

Uma vantagem técnica da Oroch é a suspensão traseira multibraço, o que traz ganhos no comportamento dinâmico e no conforto, porém há quem prefira a robustez do eixo rígido presente na Strada cabine dupla.

Por fim, em termos de equipamentos e custo-benefício, a Strada Volcano não só oferece tudo o que a Oroch Dynamique 1.6 traz de série como vai além, chegando ao mercado com câmera de ré em complemento ao sensor de estacionamento, central multimídia com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto sem fio, faróis com iluminação em LED, revestimento dos bancos mesclando couro e tecido, entre outros.

Em breve, a Strada deverá inaugurar uma melhoria muito interessante em sua gama com a estreia da variante automática em sua linha, outro ineditismo do produto.

No geral, como foi possível observar, a Fiat Strada cabine dupla pode ter evoluído consideravelmente, mas ainda não oferece o mesmo nível de espaço interno que a Duster Oroch. Se isso é algo preponderante para você, é melhor optar pela representante da Renault. Fora isso, graças ao projeto moderno, a Strada é uma picape bem mais equilibrada. Seu custo-benefício é muito competitivo, ela é mais eficiente que a Oroch Dynamique 1.6 e ainda se sobressai em segurança, destacando também a presença de 4 airbags em complemento ao controle de estabilidade. Quando o câmbio automático chegar na gama Strada, sua participação de mercado certamente deverá ganhar contornos ainda mais arrojados.  

Fiat Strada e Renault Duster Oroch

Fiat Strada e Renault Duster Oroch

Assine a newsletter semanal do AUTOO!