Nova parceria? Mercedes-Benz e Volvo começam a estreitar laços

Empresas começam a flertar um inédito acordo comercial, aponta mídia alemã
Volvo XC90 2020

Volvo XC90 2020 | Imagem: Divulgação

Em um contexto onde cada vez mais recursos precisam ser empregados no desenvolvimento de veículos autônomos e elétricos, diversas fabricantes buscam meios de reduzir - ou ao menos dividir - os gastos com novos projetos.

Uma notícia interessante que chega da Europa dá conta de uma aproximação entre a Daimler, responsável pela marca Mercedes-Benz, e a Volvo, hoje administrada pela chinesa Geely.

Segundo reporta a revista alemã Automobilwoche, as duas empresas estariam em contato para o compartilhamento de conjuntos mecânicos, sejam eles motores térmicos ou propulsores híbridos.

De forma oficial, um porta-voz da Volvo revelou para a publicação que “ainda é cedo” para comentar sobre planos da marca envolvendo o assunto, enquanto um representante da Daimler declarou que a parceria envolvendo a Geely “está se desenvolvendo de maneira positiva”, sem entrar em mais detalhes.

Desde 2018, a Geely conta com uma participação acionária próxima a 10% na Daimler em um negócio bilionário protagonizado pelo chinês Li Shufu, proprietário e presidente da Geely Holding Group. A Daimler e a Geely estão cada vez mais estreitando relações, tanto que as duas empresas planejam a fabricação da nova geração dos modelos da Smart, todos com propulsão elétrica, na potência chinesa. Geely e Daimler também trabalham no desenvolvimento de serviços premium de mobilidade no mercado chinês.

Logo, seria natural esperar uma colaboração entre Geely/Volvo e Daimler/Mercedes-Benz na importante área de motores.

Vale a pena destacar que, internamente, Geely e Volvo anunciaram em fevereiro deste ano uma fusão suas operações, inclusive desenvolvendo plataformas para serem utilizadas conjuntamente pelos futuros modelos de cada uma das marcas. 

A notícia talvez possa não agradar o Grupo Renault, que desenvolveu em conjunto e hoje supre a gama de entrada da Mercedes-Benz com um interessante motor 1.3 turbo, também aplicado globalmente em alguns modelos do conglomerado francês.

Mercedes-Benz EQC 400
Mercedes-Benz EQC 400
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!