Novo Nissan Sentra aparece na China como sedan Syplhy

Sedan médio estreia seu mais elegante estilo até hoje. Produção no México deve ocorrer em 2020 assim como seu lançamento no Brasil
Nissan Sentra 2020

Nissan Sentra 2020 | Imagem: Divulgação

Finalmente a Nissan está adotando uma linguagem de estilo conectada em seus modelos. Até hoje a marca japonesa parecia perdida na hora de definir uma ligação estética entre seus carros – basta lembrar de extremos como o Juke, a picape Frontier e o hatch March brasileiro, cada um com sua receita visual desconectada do outro.

Mas a revelação em sequência dos novos Versa e Sentra nos últimos dias evidenciou que sim, os carros da Nissan agora parecem uma mesma “família”. A novidade mais recente da marca foi apresentada nesta terça-feira no Salão de Xangai, o Sylphy, nada mais do que o Sentra chinês.

E se o Versa 2020 já sobrava em relação ao nosso a ponto de justificar um novo nicho de mercado, o novo Sentra também não fica atrás. O sedan ficou muito elegante com sua moldura em V ressaltada e o para-choque com recortes duros (veja galeria no link da foto acima).

Na traseira, o perfil de cupê explica o coeficiente aerodinâmico baixo, de apenas 0,26, que deve resultar em silêncio a bordo e economia de combustível. Apenas a pequena faixa na coluna C parece desproporcional.

O interior do novo Sentra nem lembra a pobreza de duas gerações atrás: tem superfícies em couro no painel, difusores inspirados na Mercedes-Benz, ar-condicionado digital de três zonas, central multimídia de 8 polegadas no alto do painel e cluster com tela digital entre os mostradores analógicos.

 

Nissan Sentra 2020
Nissan Sentra 2020
Imagem: Divulgação

 

O volante é herdado do Kicks, assim como ocorreu no Versa e a Nissan resolveu economizar ao manter os botões de acionamentos dos vidros usados hoje – custava mudar para evidenciar a nova geração?

Mexicano em 2020

A Nissan foi econômica nas informações a respeito do sedan. Nada de ficha técnica ou lista de equipamentos. Mas adiantou que o modelo chinês será equipado com transmissão CVT e o que parece ser um novo motor 1.6 supostamente turboalimentado.

Assim como outros novos produtos, o Sentra será equipado com os sistemas Nissan Intelligent Mobility e o “Módulo de Controle Dinâmico Integrado” que regula a suspensão assim que detecta algum buraco ou lombada, por exemplo. O sedan também terá os sistemas de ajuda para manter o carro na faixa de rolagem e freio de emergência, alerta de colisão frontal, entre outros.

A versão ocidental do Sentra deverá ser revelada em breve é tem produção no México esperada para os próximos meses. A imprensa mexicana, inclusive, acredita que o carro começará a ser vendido já em 2020. É uma boa notícia para o Brasil onde o Sentra vem justamente de lá, embora em quantidades pequenas.

Quem sabe, o novo Sylphy não seja o início da melhor fase do Sentra no Brasil.

Nissan Sentra 2020
Nissan Sentra 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!