Novo Renault Duster chega em 2020 com motor turbo

SUV compacto vai abandonar motor de 2,0 litros e adotará 1.3 turbinado
Renault Duster 2018

Renault Duster 2018 | Imagem: Divulgação

O novo Renault Duster já roda em testes no Paraná e seu lançamento está previsto para 2020. O SUV compacto vai receber novos equipamentos, motores e design semelhante ao vendido na Europa, que você vê nas imagens.

Segundo informações do site Autos Segredos, o utilitário esportivo abaixo do Captur vai abandonar o propulsor 2.0 aspirado e adotará, nas versões topo de gama, o 1.3 TCe turbo. Além desse propulsor turbinado, o Duster continuará utilizando o 1.6 SCe aspirado de 118 cv que já é ofertado na linha atual.

O motor com compressor rende até 170 cv de potência e terá injeção direta de combustível. A transmissão deve ser uma automatizada de dupla embreagem, o que deve encarecer bastante a versão top. A unidade manterá a opção com tração 4x4.

A fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, já começou a ser preparada para receber a nova geração do Duster e o tempo para terminar de preparar a linha de montagem é de aproximadamente um ano. Ou seja, ele só deve começar a ser produzido no segundo trimestre do ano que vem.

O SUV da Renault é derivado do Projeto HJD e vai ter a mesma silhueta do atual, apresentando algumas mudanças pontuais na carroceria, lanternas e faróis. Ele passa a ter uma linha de cintura mais alta e laterais com vincos mais pronunciados. Os para-malas estão mais robustos.

A parte da frente reserva faróis mais estreitos e o capô ficou mais redondo. Já na traseira as lanternas finalmente mudaram e agora são quadradas, bem parecidas com as do Jeep Renegade. A tampa do porta-malas recebeu outro desenho, mas a litragem do bagageiro não deve mudar.

Renault Duster 2020
Renault Duster 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!