O que falta para a Chevrolet Silverado chegar ao Brasil?

Picape de grande porte será uma rival para a Ram 1500 e, quem sabe, também a Ford F-150 no país
Chevrolet Silverado em uma de suas configurações com motor 3.0 Duramax turbodiesel

Chevrolet Silverado em uma de suas configurações com motor 3.0 Duramax turbodiesel | Imagem: Divulgação

Apesar da subsidiária brasileira da Chevrolet até o momento não bater o martelo sobre a volta da Silverado ao país (modelo já foi vendido por aqui entre 1997 e 2001, inclusive com produção local), sobram indícios de que é questão de tempo para um anúncio oficial da montadora.

Na Argentina, inclusive, a Silverado foi exibida até o começo deste mês na cidade balneária de Cariló, famoso destino de verão no país vizinho. Durante o evento que a Chevrolet promoveu por lá, a fabricante exibiu um exemplar da picape com motor 3.0 turbodiesel de 281 cv e deixou claro que a iniciativa tinha como objetivo “conhecer as preferências dos clientes que buscam esse tipo de veículo para trazer a melhor versão ao mercado em 2021”.

Produzida no México, a Silverado é amplamente beneficiada pelo acordo bilateral que tanto o Brasil como a Argentina possuem com o país norte-americano, o que certamente tornará seu preço competitivo frente a modelos como as norte-americanas Ram 1500 e 2500. Uma eterna promessa é recebermos no Brasil a Ford F-150, algo que pode ocorrer em um futuro próximo sobretudo considerando que a Ford vai focar em modelos mais caros e somente importados no mercado brasileiro.

Mas o que poderia estar, de certa forma, atrasando a chegada da Chevrolet Silverado ao Brasil?

Alguns flagras recentes que surgiram nos EUA começam a nos esclarecer melhor essa história. Segundo reportam alguns sites locais, a Chevrolet está avaliando alguns protótipos da Silverado com a dianteira pesadamente camuflada. De acordo com a imprensa especializada de lá, a Chevrolet deverá promover para a linha 2022 da picape uma revisão estética frontal, possivelmente aprimorando a grade dianteira e o conjunto de iluminação.

Flagra da Chevrolet Silverado 2022 em teste nos EUA
Flagra da Chevrolet Silverado 2022 em teste nos EUA
Imagem: GM Authority

Na mesma linha, as lanternas e a tampa do compartimento de cargas também poderão ser revistas. A picape ainda deverá contar com uma revisão profunda do acabamento interno, recebendo materiais e revestimentos de qualidade superior. Entre as alterações profundas para a Silverado 2022, é possível que a picape passe a contar com uma nova arquitetura elétrica/eletrônica bem mais sofisticada, que permitiria a Silverado passar a oferecer o sistema de condução semi-autônoma Super Cruise nos mercados dos EUA e Canadá.

Talvez, como faria pouco sentido a Chevrolet lançar a Silverado no Brasil antes de seu iminente facelift ganhar as ruas norte-americanas, a fabricante estaria apenas aguardando a apresentação definitiva da atualização visual da picape para ofertar a Silverado 2022 no Brasil, Argentina e demais países vizinhos. Posicionada acima da S10, certamente a Silverado será um modelo com ótima aceitação no Brasil, sobretudo em regiões com forte participação do agronegócio na economia. Vamos acompanhar!

Chevrolet Silverado em uma de suas configurações com motor 3.0 Duramax turbodiesel
Chevrolet Silverado em uma de suas configurações com motor 3.0 Duramax turbodiesel
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!