Os tempos das zebrinhas, quebra-cabeças e outros disfarces parecem que acabaram para a Chevrolet. A marca já colocou várias unidades de pré-série do Onix Sedan, possível Onix Plus, em circulação em São Paulo praticamente sem esconder nada, exceto logomarca e nomenclaturas.

Um exemplar na cor azul escuro foi flagrado pelo leitor Otávio Dreux na avenida dos Estados, próximo à sede da GM em São Caetano do Sul. Ele exibia os mesmos traços da versão chinesa, revelada no primeiro semestre, mas com algumas adaptações locais como o cromado que circunda a grade frontal e que remete ao Cruze 2020, recentemente revelado.

O Onix estava com as luzes dos faróis ligadas e também mostrava as luzes diurnas de LED em formato de L e que devem ser uma de suas marcas registradas. Na traseira, a iluminação das lanternas que repetem uma espécie de “Y”, revelaram as luzes de direção acionadas.

O porte do novo modelo chamou a atenção de Otavio: “O modo como acelerou já mostrou como o motor turbo faz diferença. Teve um momento em que um Jetta da penúltima geração ficou atrás dele e em questão de dimensões eram bem parecidos”.

Novo nicho para a Chevrolet

Como o leitor comprovou in loco, o Onix Sedan pretende disputar um segmento onde hoje a GM está sub-representada, o de sedans compactos premium. Embora tenha o Prisma e o Cobalt, nenhum dos dois tem sido capaz de atrair um público que procura por mais tecnologia e desempenho sem abrir mão do espaço.

Com o novo carro, a GM poderá brigar de igual para igual com o Virtus, da VW, ou o Yaris, da Toyota, para citar dois concorrentes importantes. Ele terá como arma o motor turbo 1.0 de 125 cv e um pacote de itens equivalente ao de modelos médios.

Embora a Chevrolet ainda faça mistério, o lançamento do Onix Sedan deverá ocorrer por volta de outubro. Como é possível notar, ele não substituirá o Prisma, que seguirá em linha como opção mais barata de modelo de três volumes.

A parte frontal, com moldura cromada, é um dos diferenciais do modelo chinês
A parte frontal, com moldura cromada, é um dos diferenciais do modelo chinês
Imagem: Otavio Dreux

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/