Os 10 carros eletrificados mais baratos do Brasil

Lista contempla modelos totalmente elétricos e híbridos
Renault Zoe 2021

Renault Zoe 2021 | Imagem: Divulgação

Tema que ocupa um destaque cada vez maior aqui no Brasil, a eletrificação da frota é algo inevitável quando olhamos para um futuro a longo prazo. 

Apesar do preço ainda elevado para os padrões brasileiros dos automóveis com propulsão híbrida ou elétrica, a categoria está se desenvolvendo no país e novas opções de modelos estão chegando aos showrooms das concessionárias. 

Entre as principais vantagens desses veículos figuram a alta economia de combustível, no caso dos híbridos, ou a total independência da gasolina ou etanol se você migrar para um elétrico. A manutenção de um automóvel movido apenas a eletricidade também é menos onerosa em relação a um carro a combustão, o que reduz consideravelmente o custo de propriedade. 

Algumas regiões do país também conferem incentivos aos automóveis eletrificados, como a isenção do rodízio na capital paulista e abatimentos tributários, em especial envolvendo o IPVA, dependendo do estado e da cidade. 

Já se sente interessado (a) em migrar para um automóvel eletrificado, seja ele híbrido ou elétrico? Então confira nossa lista com os 10 automóveis de passeio mais acessíveis hoje à venda no mercado: 

10º - JAC E-JS4 (100% elétrico) - R$ 256.900 

Único SUV compacto elétrico da lista, o E-JS4 conta com motor de 150 cv e 34,7 kgfm de torque. Conta a seu favor o excelente desempenho, com 0 a 100 km/h realizado em 7,5 segundos. A autonomia do modelo gira em torno de 420 km. 

9º - Fiat 500e Icon (100% elétrico) - R$ 255.990 

Lançado recentemente, o simpático Fiat 500 agora conta apenas com propulsão elétrica. Bem equipado, o modelo conta com teto solar, revestimento interno de couro, piloto automático adaptativo, entre outros itens. O compacto conta com motor de 118 cv e 22,4 kgfm. A autonomia do 500e é declarada em 320 km e a aceleração de 0 a 100 km/h é cumprida em 9 segundos. 

8º - MINI Cooper S E Exclusive (100% elétrico) - R$ 248.590 

Lançado em 2021 no Brasil, o MINI em sua opção totalmente elétrica com carroceria 2 portas conta com preço competitivo entre seus pares. O modelo oferece 184 cv de potência e 27,5 kgfm de torque, com autonomia declara pela MINI de 234 km. Vale destacar que a marca migra para oferecer somente automóveis elétricos até 2030. 

7º - Renault Zoe (100% elétrico) - R$ 239.990 

Primeiro elétrico da Renault a figurar na lista, o Zoe é um hatch compacto, oferecendo cabine e porta-malas adequados para um carro urbano e também capaz de oferecer conforto em viagens curtas. Equipado com o propulsor R135, o Zoe oferece 135 cv e 25 kgfm de torque, sendo capaz de atingir 100 km/h partindo da imobilidade em 9,5 segundos. 

6º - Toyota Corolla Cross XRV Hybrid (híbrido) - R$ 196.290 

O Toyota Corolla Cross é o primeiro modelo da lista a ficar abaixo dos R$ 200 mil e também o primeiro híbrido a figurar por aqui. O modelo, um SUV intermediário, usa como base o motor 1.8 flex associado a dois propulsores elétricos (MG1 e MG2), resultando em uma potência combinada total de 122 cv. Com uma caixa CVT própria para o sistema eletrificado, o SUV entrega médias de até 17 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada com gasolina. Utilizando etanol, os números ficam em 11,8 e 9,6 km/l, respectivamente.

5º - Toyota Corolla Altis Hybrid (híbrido) - R$ 177.590 

Compartilhando a mecânica com o irmão SUV, o sedã traz alguns diferenciais técnicos importantes, como a suspensão independente nas quatro rodas com disposição multibraço no eixo traseiro. Segundo medições oficiais, o Corolla Hybrid alcança parciais de 16,3 km/l em ciclo urbano e 14,5 km/l na estrada com gasolina. Abastecido com etanol, os números ficam em 10,9 e 9,9 km/l, respectivamente.

4º - JAC E-JS1 (100% elétrico) - R$ 164.900 

Voltando aos modelos 100% elétricos, o JAC E-JS1 é um hatch pequeno orientado ao uso na cidade. Seu compacto motor elétrico de 62 cv conta com torque (15,3 kgfm) suficiente para que ele ofereça respostas condizentes com sua aplicação. Já desenvolvido em parceria com a Volkswagen (o grupo alemão conta com participação acionária na fabricante chinesa), o E-JS1 tem autonomia declarada de 302 km e acelera de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos. O modelo também conta com uma variante aventureira, no caso o JAC E-JS1 EXT, com preço sugerido de R$ 179.900. 

3º - CAOA Chery Arrizo 5e (100% elétrico) - R$ 159.900 

O Arrizo 5e é o único sedã elétrico da lista. Comercializado em especial na modalidade B2B para empresas, o modelo oferece teto solar, revestimento interno de couro, ar-condicionado automático, entre outros itens. Com 8 anos de garantia, o sedã tem 122 cv e 28,1 kgfm. 

2º - Kia Stonic (híbrido-leve) - R$ 147.990 

O Kia Stonic é o único modelo com propulsão híbrida-leve a aparecer no levantamento. A tecnologia em questão, mais simples e, portanto, não tão cara quanto a de um híbrido convencional, ajuda a tornar o preço final do SUV mais acessível. Em um híbrido-leve, um alternador-gerador aproveita a energia cinética que seria desperdiçada nas frenagens e reduções de velocidade para auxiliar o motor térmico (1.0 turbo de 120 cv, no caso do Stonic) nas acelerações e retomadas. Aceitando apenas gasolina, o modelo tem parciais de 13,3 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada. 

1º - Renault Kwid E-Tech (100% elétrico) - R$ 142.990 

Importado da China, o Kwid elétrico chega ao mercado brasileiro com o menor preço entre os automóveis de passeio eletrificados. Assim como o JAC E-JS1, o Kwid E-Tech é voltado em grande parte ao uso na cidade. Com motor de 65 cv e 11,5 kgfm de torque, o desempenho não é o forte do modelo, que precisa de longos 14,6 segundos para alcançar 100 km/h. Rodando apenas em ciclo urbano, a autonomia do modelo é de 298 km, de acordo com dados da Renault.

Renault Zoe 2021

Renault Zoe 2021

Fiat 500e já comercializado no Brasil

Fiat 500e já comercializado no Brasil