Quais são as versões exclusivas para PCD mais vendidas?

Utilitários esportivos dominam lista dos modelos que possuem versões exclusivas para esse público
As versões exclusivas para PCD mais vendidos do mercado

As versões exclusivas para PCD mais vendidos do mercado | Imagem: Divulgação

O segmento de PCD tornou-se um dos mais agitados do mercado automobilístico brasileiro nos últimos anos. Para atender a essa demanda crescente, muitas marcas criaram versões e até mesmo linhas especiais que se enquadram nas regras para obter os descontos nos impostos da legislação.

Mas, afinal, qual desses veículos é o mais vendido no mercado? Autoo teve acesso a dados de emplacamentos dos últimos dois meses e mostra a seguir quais são as versões PCD que mais acumularam vendas.

Infelizmente, não foi possível obter os números de três modelos importantes desse segmento, o Ecosport S Direct, o Duster Authentique e o 2008 Allure Business. Mas é possível ter uma ideia aproximada do volume desses SUVs por conta dos dados de vendas diretas, onde se enquadra o mercado PCD.

Por falar em SUV, nem é de causar surpresa que se trata da categoria preferida do público PCD. A grosso modo, pode-se afirmar que pelo menos quatro em cinco veículos vendidos com os descontos são utilitários esportivos. Claro que a extensão das vendas é maior porque vários modelos passíveis de desconto são versões comuns oferecidas para qualquer consumidor como o Renegade, SUV que deve ter uma presença bastante grande nesse segmento.

Mas o levantamento mostrado a seguir dá uma boa ideia de como se comporta esse nicho em particular. Confira:

Hyundai Creta 1.6 Attitude automático – 7.157 unidades

O SUV Creta é o “rei do PCD”. Nenhum modelo chega perto do volume de vendas do Hyundai que tem na versão Attitude 1.6 automática sua oferta exclusiva para esse público. Como já mostramos aqui no Autoo, a marca depende demais desse segmento para fazer seu utilitário esportivo vender bem: nada menos que 63% dos emplacamentos do Creta são para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Preço: R$ 69.990 (R$ 54.662,19 com descontos)

Nissan Kicks S Direct 1.6 CVT – 2.904 unidades

A versão S Direct, exclusiva para PCD, é a segunda mais emplacada do segmento com quase 3 mil exemplares entre agosto e setembro. Mas o Nissan não é tão dependente desse público como o Creta: apenas 35% dos emplacamentos são dessa versão que é mais barata que o rival da Hyundai.

Preço: R$ 68.640 (R$ 53.082 com desconto)

Renault Captur 1.6 Life CVT – 2.194 unidades

O Captur tinha uma carreira discreta no mercado até que a Renault resolveu brigar no segmento PCD. Com isso, o SUV deu um bom salto e hoje é um dos mais procurados nessa categoria, com cerca de 45% das vendas totais da versão Life 1.6 CVT, exclusiva para esse público.

Preço: R$ 69.990 (R$ 54.945,37 com desconto)

Honda Fit Personal – 991 unidades

Pode-se dizer que o Fit é o carro que possui a versão PCD mais vendida sem ser um SUV. Parece algo sem importância, mas não é. O versátil modelo da Honda tem boas características de acessibilidade, economia e facilidade de dirigir e é uma compra mais racional e um pouco mais barata. É claro que o relativo bom desempenho da versão Personal também é influenciada pelo fato de a marca japonesa não disponibilizar um HR-V com descontos, o que certamente mudaria esse panorama.

Preço: R$ 52.670,80 já com os descontos

Citroën C4 Cactus Feel Business – 534 unidades

O Cactus chegou ao mercado já de olho no mercado PCD. A Citroën lançou o modelo em uma versão bastante simples, mas logo corrigiu essa situação ao criar um modelo exclusivo e que recebeu mais conteúdo em agosto. O SUV, no entanto, tem desempenho discreto no segmento, com apenas 534 unidades vendidas, cerca de 20% do total de emplacamentos. Fato é que o Cactus é uma das opções mais caras do segmento, apesar do bom conteúdo.

Preço: R$ 69.990 (R$ 55.228,47 com descontos)

Honda City Personal – 495 unidades

O sedan compacto da Honda também conta com uma versão Personal de preço idêntico ao do Fit, mas ao contrário do monovolume, o City vende pouco para o público PCD e realmente faz mais sentido levar seu irmão, mais espaçoso e prático.

Preço: R$ 52.670,80 já com os descontos

 

 

 

 

Acima o Honda Fit em sua versão Personal
Acima o Honda Fit em sua versão Personal
Imagem: Divulgação

 

 

 

 

Nissan Versa 1.6 SL Direct CVT – 325 unidades

Outro sedan que tem bastante presença nas vendas diretas, o Versa, no entanto, é quase ignorado pelo público PCD (ao contrário de motoristas de Uber e outros aplicativos). Um dos problemas pode estar no preço salgado. Ele chega a ser mais caro que o Kicks (embora seja de uma versão mais equipada), e na ponta do lápis até mesmo que o rival City, outro que está longe de ser uma pechincha.

Preço: R$ 68.840,00 (R$ 53.327,00 com descontos)

Volkswagen Virtus 1.6 Sense – 246 unidades

Enquanto não lança o aguardado T-Cross Sense, a Volkswagen tem uma presença pífia no segmento PCD. O modelo mais vendido é o sedan Virtus, mas apenas 3% dos emplacamentos são da versão Sense que traz motor 1.6 aspirado e câmbio automático de seis velocidades. O preço, obviamente, é alto: R$ 68.490 o que na ponta do lápis o torna equivalente aos SUVs dessa categoria.

Preço: R$ 68.490 sem os descontos

 

 

 

 

Acima o Volkswagen Polo Sense, nova opção para o público PcD
Acima o Volkswagen Polo Sense, nova opção para o público PcD
Imagem: Divulgação

 

 

 

 

Volkswagen Polo 1.6 Sense – 121 unidades

Se o Virtus vai mal entre o público PCD, o Polo é presença insignificante. Dos mais de 13 mil hatches emplacados em agosto e setembro, o Sense representou menos de 1% deles. Não é de estranhar afinal não faz sentido pagar o mesmo preço de um sedan ou SUV para ter menos espaço, por exemplo.

Preço: R$ 69.990 sem os descontos

Peugeot 208 Active Pack – 105 unidades

Cada vez mais apagado no mercado brasileiro, o 208 só não vende menos porque a versão PCD Active Pack tem conseguido alguns clientes. E por uma boa razão: o modelo é um dos mais acessíveis com preço final de R$ 43.990,00 e um diferencial, segundo a Peugeot, estar disponível para pronta entrega, algo raro no meio. Mas, também, com apenas 105 unidades em dois meses, o que não falta é carro em estoque.

Preço: R$ 64.990,00 (R$ 43.990 com descontos)

Ford Ecosport S Direct

O Ecosport foi um dos modelos que não foi possível obter os dados exclusivos da versão S Direct. No entanto, é seguro afirmar que o SUV tem um bom público PCD: nada menos que 2.786 unidades (44% do total) foram emplacadas como venda direta, que inclui as vendas para pessoas que se enquadram na legislação. É natural que boa parte delas tenha sido justamente a versão PCD que é uma das mais baratas do mercado, com preço final de R$ 51.990.

Preço: R$ 69.990,00 (R$ 51.990 com descontos)

Renault Duster Authentique 1.6 CVT

Por falar em modelo barato, o Duster é o SUV com a versão PCD mais em conta do país. Custa R$ 46.393 com os descontos de IPI e ICMS, mas assim como o Ecosport, não obtivemos o total da versão Authentique. Novamente, ao constatar que 1.886 unidades foram emplacadas em vendas diretas é possível estimar que o Renault também tem presença bastante significativa nesse segmento, embora menor que seu irmão Captur.

Preço: R$ 59.990,00 (R$ 46.393,00 com descontos)

Peugeot 2008 Allure automático

O SUV da Peugeot é um dos que mais depende do mercado de vendas diretas para conseguir clientes. Foram mais de 70% de emplacamentos para esse tipo de negociação que inclui o mercado PCD. A verão Allure, no entanto, não é exclusiva para esse público, por isso não foi possível mensurar o total exato já que das 1.151 unidades vendidas do Allure não está claro quantas foram para PCD. Mas é factível que ela seja grande já que o preço do 2008 é um dos mais baixos da categoria.

Preço: 50.990 já com os descontos.

 

 

 

 

Peugeot 2008 2020
Peugeot 2008 2020
Imagem: Divulgação

 

 

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!