Renault Captur 2017: conheça todas as versões

Novo SUV compacto estreia em fevereiro em duas versões com motores 1.6 e 2.0, mas deve ganhar outras duas em breve
Renault Captur 2017

Renault Captur 2017 | Imagem: Divulgação

A Renault lança nesta semana o Captur, novo SUV compacto da marca que aposta numa receita diferente do Duster, seu primeiro modelo na categoria. Em vez de espaço generoso e um visual mais ‘rústico’, o Captur investe em melhor qualidade de acabamento, linhas mais esbeltas e uma proposta mais urbana, além do preço, mais alto.

AUTOO mostra a seguir o que trazem as quatro versões de lançamento do modelo, duas delas que serão vendidas agora e outras duas que devem chegar até maio:

Renault Captur Zen 1.6 16V SCe Manual - R$ 78.900

O Captur usa o novo motor 1.6 retrabalhado pela Renault para oferecer mais economia e desempenho. Com 120 cv usando etanol, ele oferece 16,2 kgfm de torque e nesta versão trabalha em conjunto com um câmbio manual de cinco velocidades. Assim como os Captur mais caros, a versão de entrada Zen vem equipada com rodas aro 17 polegadas.

A direção é elétrica e os freios, a disco ventilado na frente, e tambor na traseira. A suspensão traseira também é mais simples, utilizando o tradicional eixo de torção. O porta-malas comporta, segundo a Renault, 437 litros na posição normal. Já o tanque leva 50 litros de combustível.

Com etanol, o Captur 1.6 manual acelera de 0 a 100 km/h em 13,4 segundos com gasolina e 11,9 segundos com etanol. A velocidade máxima é de 168 km/h (gasolina) e 169 km/h (etanol). O carro pesa 1.273 kg, um número maior que o do Kicks, mas bem inferior a um Creta, por exemplo.

Equipamentos da versão

Quatro airbags (dianteiros e laterais), controle de estabilidade (ESP), controle de tração, assistente de partida em rampas,  ISOFIX, direção eletro-hidráulica, volante com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas aro 17 polegadas de liga leve, vidros elétricos, alarme perimétrico, chave-cartão hands free, comando de áudio e celular na coluna de direção, assento com regulagem de altura, Luzes diurnas em LED, retrovisores rebatíveis, piloto automático. Opcionais: central Media Nav e câmera de ré; pintura de dois tons.

Renault Captur Zen 1.6 16V SCe CVT - (previsto para maio)

A versão Zen automática utilizará uma transmissão do tipo CVT, com marchas continuamente variáveis, assim como o primo Kicks, da Nissan. Isso acrescenta 13 kg ao peso do Captur, mas não afeta seu desempenho em velocidade máxima. Já a aceleração piora significativamente: 0 a 100 km/h em 14,5 segundos (gasolina) e 13,1 segundos (etanol).

Renault Captur Intense 1.6 16V SCe CVT - previsto para maio)

Com mais itens que a versão Zen, a Intense 1.6 pesa os mesmos 1.268 kg. As dimensões são idênticas em todas as versões: comprimento de 4,329 m, largura de 1,813 m, altura de 1,619 m e entreeixos de 2,673 m.

Renault Captur Intense 2.0 16V automático - R$ 88.490

Já em pré-venda, a versão Intense 2.0 automática custa a partir de R$ 88.490. Ao contrário das demais, ela vem equipada com o motor 2.0 16V e câmbio automático de quatro marchas, um conjunto já conhecido de outros modelos da Renault. Por isso é mais pesada. São 1.352 kg de peso sem os ocupantes.

O desempenho, no entanto, não é tão superior. A velocidade máxima sobe para 174 km/h (gasolina) e 179 km/h (gasolina) e a aceleração de 0 a 100 km/h, baixa para 11,5 segundos (gasolina) e 10,9 segundos (etanol). O custo no bolso somente quando o Inmetro divulgar os números de consumo.

A versão 2.0 mantém a mesma suspensão das demais assim como os freios a tambor na traseira, mas o disco ventilado tem diâmetro maior.

Os equipamentos da versão Intense são os mesmos do Zen, mas acrescentam rodas de liga leve diamantadas, apoio de braço, Media Nav, câmera de ré, ar-condicionado digital, sensor de chuva, farol de neblina e sensor crepuscular. Opcionais: bancos em couro e pintura de dois tons.