Renault já se prepara para produzir o novo Kangoo

Modelo versátil, no entanto, será uma versão do Dacia Dokker e deve chegar ao Brasil neste ano
Dacia Dokker 2018

Dacia Dokker 2018 | Imagem: Divulgação

Não é de hoje que a Renault traz carros da Dacia para o mercado sul-americano. A bola da vez é o Dokker, um utilitário vendido na Europa que aqui herdará o nome de Kangoo. O modelo substituiu o modelo original na fábrica de Santa Isabel, na Argentina, e terá até uma versão aventureira, a Kangoo Stepway, de acordo com o Argentina Autoblog.

O utilitário foi projetado na Plataforma M0, utilizada também pelo Logan e Sandero. No país vizinho, onde estreará no mês que vem, o novo Kangoo usará o motor 1.6 litro 16V, que entrega 115 cv de potência e torque de 15,9 kgfm, ou seja, é provável que no Brasil tenhamos a versão flex desse motor.

A versão aventureira do utilitário terá detalhes em plásticos pretos, localizados nos para-choques dianteiros e traseiros, além de barras nas laterais e pneus mistos.

Hermanos

Fabricado desde 1998, o Kangoo era um dos modelos mais antigos em produção na Argentina. Para fabricar a nova geração, a marca francesa investiu US$ 100 milhões para mudar o romeno Dacia Dokker para o utilitário que é conhecido no mercado da América do Sul.

Já no Brasil, a Renault vende o Kangoo em duas versões uma sem porta lateral e outra com porta lateral, respectivamente, R$ 59.550 e R$ 61.065. O trem de força é flex 1.6 litro 16V com 98 cv no etanol e 95 cv de potência na gasolina a 5.000 rpm. O torque é de 15,3 kgfm no etanol e 15,1 kgfm a gasolina a 3.750 rpm.

O utilitário tem 4.010 mm de comprimento, 1.672 mm de largura, 2.600 mm de entre-eixos, 1.860 mm de altura e capacidade de transporte de até 800 kg. Em 2017, o modelo teve 1.254 unidades vendidas, já no primeiro bimestre deste ano foram 238 unidades.

A versão aventureira, com a mesma alcunha Stepway, pode ser uma boa jogada da Renault em ocupar um nicho entre o Sandero e o Duster. Como ficou claro no lançamento do Kwid, a montadora entendeu o apelo que os modelos com pegada off-road têm hoje no mercado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!