Renault Kwid estreia facelift na Índia

Subcompacto passa a contar com dianteira mais arrojada; confira todos os detalhes
Renault Kwid 2020

Renault Kwid 2020 | Imagem: Divulgação

Como já era esperado, a Renault oficializou nesta semana o facelift para o Kwid indiano, com novidades que também deverão chegar ao hatch fabricado no Brasil no médio prazo. Ao contrário daqui, onde estreou no segundo semestre de 2017, o Kwid comercializado no mercado indiano já completa quatro anos.

As principais mudanças do facelift para o Kwid residem na dianteira, que passa a adotar um conjunto óptico em dois níveis. Na parte superior, o modelo concentra a iluminação diurna por LED, enquanto na extremidade do para-choque ficam os faróis principais. A grade frontal também é nova, bem como as lanternas recebem iluminação por LED e os dois para-choques foram revistos.

Na parte interna, o modelo recebeu uma tela maior para a central multimídia, passando a contar com 8”, além de câmera de ré e suporte aos principais sistemas de espelhamento para smartphones. O volante também é novo e painel de instrumentos passa a ser digital, como no monovolume Triber. Além disso, a Renault promoveu uma melhora nos tecidos e demais revestimentos da cabine.

Mecanicamente nada mudou no Kwid indiano, que segue equipado com as opções de motores 0.8 e 1.0, com as opções de câmbio manual ou automatizado.

Procurada pelo Autoo, a Renault não se manifestou até o momento se existe uma previsão para o Kwid brasileiro receber as mesmas melhorias. Vale a pena dizer que o Kwid nacional já está em sua linha 2020, quando estreou como a principal novidade a versão de apelo aventureiro Outsider. De qualquer forma, é muito provável que qualquer mudança no Kwid aqui ocorra por volta de 2021, estreando a linha 2022 do modelo.  

Assine a newsletter semanal do AUTOO!