Renault mostrará o Kwid no Salão de Buenos Aires

Compacto será vendido como um mini-SUV para se diferenciar de up! e Mobi
Renault Kwid 2018

Renault Kwid 2018 | Imagem: Divulgação

A Renault anunciou nesta quinta-feira (18) que o Kwid será apresentado no Salão de Buenos Aires, que acontecerá a partir de 9 de junho na capital argentina. Será, ao que tudo indica, a versão de produção, ou seja, sem os badulaques vistos no modelo mostrado no ano passado no Salão de São Paulo.

O Kwid assumirá a função de modelo de entrada da Renault e terá lançamento em julho no Brasil. A marca, inclusive, já iniciou a campanha de divulgação do compacto que buscará se diferenciar dos concorrentes up! e Mobi pela proposta aventureira – inclusive ele é considerado por ela um mini-SUV.

Vídeos em que cutucam a concorrência (e logo depois tirados do ar) mostram o Kwid sendo superior na proposta como na peça em que o up! é considerado um carro muito baixo comparado a ele. As imagens antecipadas pela Renault revelam que o compacto terá itens como a central multimídia Media Nav, ar-condicionado, trio elétrico, rodas de liga, além é claro do visual off-road.

Como antecipou o presidente da Renault, o Kwid não será um carro tão barato. A ideia é ser competitivo, mas nem por isso custar a ponto de estar entre os mais acessíveis do mercado.

Resta saber se o público verá valor em mais um veículo de dimensões modestas, algo que até aqui não se mostrou uma realidade.

Captur, reload

Antes do Kwid, a Renault lançará uma segunda carga do Captur. O novo SUV da marca chegou ao país em março, mas tem carreira discreta até o momento. Parte pode ser culpa da falta de interesse em carros franceses, mas parte também tem a ver com as opções que ela disponibilizou até aqui, um 1.6 manual e um 2.0 automático que usa o malhado conjunto do irmão Duster.

Agora será a vez de duas versões do Captur 1.6 CVT, com câmbio mais moderno e econômico e preço entre R$ 80 mil e R$ 89 mil. Deve melhorar seu desempenho no mercado, mas quanto só o tempo dirá.

Por outro lado, a Renault postergou o lançamento do terceiro SUV mostrado no salão paulistano. O importado Koleos agora só chegará ao Brasil no final deste ano.