Tracker PcD volta ao mercado; versão de R$ 70 mil poderá ser adquirida pelo público em geral

Início da produção do novo catálogo R8Z ocorrerá a partir do mês que vem
Chevrolet Tracker destinado ao público PcD com o novo catálogo R8C

Chevrolet Tracker destinado ao público PcD com o novo catálogo R8C | Imagem: Divulgação

Boa notícia para o público PcD que realiza a compra com isenção e também para os interessados em um SUV compacto de modo geral. 

Em um comunicado com data de quinta-feira (5) a Chevrolet anunciou aos seus concessionários que voltará a produzir a partir do mês que vem a versão 1.0 Turbo automática do Tracker, a qual atende os consumidores que podem usufruir da isenção do IPI e ICMS. Uma novidade importante é que, como determina o Decreto 65.259 no estado de São Paulo, a versão, que tem preço público sugerido de R$ 70 mil, agora também será ofertada ao público em geral. 

A Chevrolet destaca em seu comunicado que a nova configuração será "direcionada, mas não exclusiva ao público PcD" e terá "volume de produção limitado". O "início de prospecção de vendas" começou ontem.  

O Tracker PcD, como é informalmente conhecido, ganhará mais um novo catálogo desde que foi lançado. Agora chamado de R8Z, o pacote de itens de série não deixa de ser muito interessante, em especial se comparado a outros SUVs e demais modelos aptos a receber as isenções integrais. 

De série, o novo Tracker 1.0 Turbo automático no catálogo R8Z sairá de fábrica com 6 airbags, controles de tração e estabilidade, start-stop, controlador e limitador de velocidade (piloto automático), central multimídia com câmera de ré, alarme, rodas de aço aro 16” com calotas, ar-condicionado, computador de bordo e até mesmo sistema de chave presencial. 

Em relação aos catálogos anteriores, como o R8U e o R8C, o Tracker agora na configuração R8Z deixa de oferecer o sensor de estacionamento, rodas de liga leve e os alto-falantes traseiros, que poderão ser instalados nas concessionárias como acessórios. A Chevrolet, inclusive, vai preparar pacotes específicos com alguns itens. O catálogo R8Z também não oferecerá as portas USB voltadas aos passageiros no banco traseiro para a recarga de dispositivos eletrônicos, bem como não contará com o serviço de telemática OnStar e o Wi-Fi nativo para a central multimídia. A oferta de cores contempla as opções Branco Summit, Cinza Satin Steel, Prata Switchblade e Preto Ouro Negro. 

Mecanicamente nada muda e o “Tracker PcD” segue com motor 1.0 turbo de até 116 cv e 16,8 kgfm de torque com etanol. A transmissão é a automática de 6 marchas com a opção de trocas sequenciais.

O Autoo pediu uma posição oficial para a Chevrolet acerca da retomada das vendas do Tracker para PcD, mas até o momento não obteve retorno. Caso a fabricante entre em contato, atualizaremos a notícia.  

Linha de produção do Chevrolet Tracker em São Caetano do Sul (SP)
Produção do Tracker para PcD com o novo catálogo R8Z começa em dezembro
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!