Último Ford Fusion será fabricado em julho

Data, no entanto, pode mudar por conta da pandemia. Porém, o destino do sedã está selado e não terá substituto
Ford Fusion 2019

Ford Fusion 2019 | Imagem: Divulgação

Desde que a Ford anunciou suas intenções de focar nos segmentos de SUVs, picapes e o nicho do Mustang, era sabido que o destino do Fusion estava selado. Agora, o tradicional sedã grande caminha para o caixão a passos largos. No começo de maio, o carro parou de ser oferecido no mercado brasileiro.

Mesmo nos EUA, principal mercado do Ford Fusion fabricado no México, a marca parou de aceitar pedidos para o modelo ainda em fevereiro de 2020. De acordo com o site Ford Authority, fábrica do oval azul em Hermosillo (MEX) fabricará o último Fusion de uso policial no dia 5 de junho, enquanto os modelos convencionais deixarão de ser feitos em 21 de julho.

Ford Fusion 2019
Ford Fusion 2019
Imagem: Divulgação

Se por um lado as datas ainda podem mudar por conta da pandemia, a ideia original da marca era reabrir a planta mexicana em meados de maio para dar conta desses últimos modelos com pedidos já feitos. Ainda não há um sucessor direto definido para o Ford Fusion, mas especula-se na mídia norte-americana que seu nome poderá ser utilizado em uma nova perua de apelo aventureiro, com tração integral e suspensão elevada que brigaria nos EUA com a Subaru Outback.

Nova opção de cor para o Fusion comercializado nos EUA
Nova opção de cor para o Fusion comercializado nos EUA
Imagem: Reprodução internet
Para o Brasil, a Ford não tem definido exatamente um modelo para ocupar a faixa de preço que o Fusion atendia em nosso mercado. Com o sedã custando entre R$ 150 mil e R$ 200 mil, o novo Bronco Sport parece ser a pedida mais certeira, uma vez que o novo SUV médio da Ford compartilha plataforma com o Escape - que também deverá chegar por aqui - e é fabricado no México. Com isso, pagaria impostos menores para ser vendido no Brasil.

 

Ford Fusion 2019
Ford Fusion 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!