Versão mais forte do próximo BMW Série 7 será elétrica

Sedã de luxo apostará na eletrificação para aumentar a performance na próxima geração do modelo
BMW Série 7 2020

BMW Série 7 2020 | Imagem: Divulgação

A atual geração do BMW Série 7 está nas ruas desde 2015 e foi recentemente atualizada em 2019, quando inaugurou um facelift de meio-ciclo. Enquanto oferecer motores V8 e V12 turbinados é interessante nesse segmento dos grandes sedãs de luxo, a BMW apostará em uma rota diferente e elétrica para a próxima geração de seu modelo topo de gama. Essa novidade deve aparecer nos próximos dois anos.

A informação foi confirmada pelo presidente do conselho de administração da BMW, Oliver Zipse. A marca bávara ainda não informou os dados técnicos relacionados à nova geração do Série 7, mas é dado como certo na imprensa internacional que a nova interação do sedã terá uma arquitetura completamente nova, feita a partir do zero. Tudo isso para abrigar a principal novidade do modelo.

A marca passará a oferecer no próximo Série 7 um trem de força 100% elétrico. Longe de ser apenas uma versão de apelo ambiental ou econômico, tal configuração movida por baterias deverá ser a versão mais potente da próxima geração do grande sedã de luxo da marca bávara no futuro.

Hoje, o BMW Série 7 mais forte é o M760i, que entrega 609 cv de potência a partir de um propulsor 6.6 V12 turbo a gasolina. Seja quais forem os números da variante elétrica, precisarão superar os do atual modelo. De acordo com a marca, o lançamento do modelo deverá ocorrer em 2022, sendo que o novo Série 7 já será apresentado como modelo 2023.

BMW Série 7 2020
BMW Série 7 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!