Viper voltará a ser produzido em 2012

Esportivo da Chrysler ganhará marca nova e terá projeto mais refinado graças à parceria com o grupo Fiat

Dodge Viper SRT10 2005 | Imagem: Chrysler

A Chrysler deu a notícia que uma legião de fãs esperava: “a cova da cobra reabrirá no final de 2012”. A tal cova a que se refere a montadora é a fábrica de Conner Avenue, em Detroit, onde foram produzidos de maneira quase artesanal 22 mil unidades do Viper, o esportivo que marcou época na década de 1990 e que estará de volta em uma nova geração já como modelo 2013 e sob uma nova marca, a SRT.

O Viper surgiu em 1992 das mãos do mago Carroll Shelby e teria sido inspirado em outra criação dele, o Cobra. Com um gigantesco motor V10 de 8 litros (isso mesmo, o equivalente a oito carros populares), o esportivo exibia linhas brutas, ao contrário de rivais como o Ford GT e o Corvette.

Veja mais: galeria de fotos do Dodge Viper

Essa primeira geração durou pouco, apesar do sucesso – de 1992 a 1995 -, quando a Dodge resolveu aprimorá-lo. O estilo ficou ainda mais agressivo, a carroceria passou a ser mais leve e o motor, mais potente para dar ao carro um desempenho mais de acordo com sua imagem. Em 2003, a Daimler, então dona da Chrysler, remexeu no modelo e aumentou a potência do motor para 500 cv. O Viper ainda teve uma última remodelação que durou até 2010, quando a Fiat assumiu a Chrysler e o tirou de linha.

Na época, já se comentava que a saída de cena era apenas passageira. Enquanto isso, a montadora italiana colocou suas divisões esportivas para apoiar a criação de um novo Viper. A Chrysler já dá até dicas de como a mudança será grande: “a planta de Conner está sendo transformada para implementar padrões mundiais de produção para melhorar a qualidade e produtividade”, diz a nota da empresa.

Com o know-how de Ferrari e Maserati somados ao estilo marcante do Viper, a nova geração do superesportivo promete ser instigante.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!