Volkswagen Jetta será produzido no Brasil

Produção começa no primeiro semestre de 2015; nova linha pode produzir 18 mil unidades do sedã médio por ano

Volkswagen Jetta 2015 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen confirmou os rumores de que o novo Jetta passaria a ser produzido no Brasil. O modelo começa a ser fabricado na planta de São Bernardo do Campo (SP), a partir do primeiro semestre de 2015. O sedá médio será o terceiro modelo mundial da Volks a ganhar produção nacional, os outros dois são o Golf, cuja linha está na fábrica de São José dos Pinhas (PR) e o Up!, fabricado em Taubaté (SP). 
 
O que soou estranho, no entanto, foi a montadora divulgar que a fabricação nacional do Jetta vem complementar a importação atual do México para conseguir atender a nossa demanda. A conta simples, todavia, não fecha. O Jetta não chega a vender 15 mil unidades ao ano e a nova linha tem capacidade para produzir até 18 mil carros. Para se ter uma ideia, no ano de 2013 foram vendidas 14.950 unidades e até agosto de 2014 este número não alcançou as 6 mil unidades
 
A realidade é que já faz um tempo que o sedã médio não está em seus tempos áureos, o que pode ser justificado por falta de novidades ou até mesmo por dificuldades de importação. O que explicaria a produção nacional então pode ter relação com a cota de importação, já que o Golf passará a dividir a cota do México com ele por um tempo. Estima-se que ele seja montado em esquema CKD, mas a marca ainda não confirmou.
 
O montante investido para as adequações na nova linha faz parte dos R$ 10 bilhões que a empresa vai investir no País até 2018, diz a Volks.