VW anuncia recall para mais de 1,1 milhão de carros pelo mundo

Ação envolve modelos vendidos nos EUA, Canadá e China; Jetta vendido no Brasil pode ser afetado

Recentemente atualizado, o Jetta vendeu muito bem nos EUA e somou mais 745.000 unidades no ano | Imagem: VW

 A Volkswagen anunciou na última sexta-feira (17) recall dos grandes nos Estados Unidos, Canadá e China. Ao todo, somente nesses países, a ação envolve 1,1 milhão de automóveis e o número ainda pode aumentar se for estendido para outros mercados, incluindo o Brasil.

Segundo a marca, os modelos Jetta e Beetle (Fusca), além do Sagitar na China, se “envolverem em colisão traseira ou lateral, podem ter um braço de suspensão quebrado que, se não detectado, pode levar a acidente”. Os carros envolvidos são equipados com suspensão de eixo de torção na traseira.

Avaliação: Novo Fusca reúne diversão e nostalgia

Por essa característica, o Fusca à venda no Brasil já está fora da ação, uma vez que a marca comercializou apenas unidades com suspensão multi-link na traseira. Já o Jetta é oferecido com as duas versões de suspensão. Em contato com imprensa, a divisão nacional da VW revelou que está analisando se os modelos vendidos no mercado brasileiro serão convocados.

Caso confirmado, a marca já adiantou que tomará todas as medidas necessárias para corrigir o defeito.