Análise: seria interessante um Creta 7 lugares no Brasil?

Carroceria inédita para o SUV deverá ser lançada no ano que vem na Índia
Projeção de Kleber Silva para o Creta/ix25 com 7 lugares

Projeção de Kleber Silva para o Creta/ix25 com 7 lugares | Imagem: Kleber Silva

Pela quantidade de flagras realizados em alguns países responsáveis pelo desenvolvimento da novidade, não é segredo para ninguém que a Hyundai trabalha com rapidez na inédita carroceria 7 lugares para o novo Creta já à venda na Índia.

Por enquanto sabemos poucos detalhes sobre a futura opção do SUV, mas já são elementos suficientes para que designers como Kleber Silva possam imaginar mais detalhes sobre o modelo, como você pode conferir nas ilustrações que figuram nesta análise.

Até onde podemos constatar, a Hyundai não vai brincar em serviço e o futuro Creta 7 lugares será um modelo versátil, com uma terceira fileira de assentos bem aproveitada. Isso é constatado em um flagra recente do modelo em testes onde é possível notar um generoso acréscimo no comprimento do SUV em relação ao Creta convencional, algo necessário para que passageiros mais altos possam se instalar com conforto no 6º e 7º assentos, permitindo um uso mais efetivo desses bancos.

Enquanto em alguns mercados da Europa, EUA e Japão ainda notamos algumas resilientes minivans servindo como ótimas opções familiares, aqui no Brasil as opções de carros 7 lugares praticamente foram esquecidas nos últimos anos. Exceto pela Chevrolet, que deverá seguir apostando na Spin, e a Fiat, que ainda mantém o Doblò em linha, não existem opções para um público em busca de um modelo com três fileiras de assentos que seja moderno ou apresente um nível de tecnologia superior.

É nesse contexto que a Hyundai parece estar com a faca e o queijo na mão caso queira investir nesse segmento hoje tão esquecido no Brasil. Se contar com um preço aceitável, o Creta 7 lugares pode ser a solução para muita gente que gostaria de um carro mais espaçoso e versátil.

Mesmo que seja um modelo de categoria e preço superiores, talvez o sucesso comercial do Volkswagen Tiguan Allspace nos permita constatar que existe sim uma demanda reprimida no Brasil por modelos com três fileiras de assentos. O modelo oferece a configuração com 7 assentos nas versões Comfortline (R$ 162.500) e R-Line (R$197.650). Tirando o Jeep Compass, que tem produção local e versões bem mais baratas (porém apenas 5 lugares), o Tiguan Allspace aparece como o vice-líder da categoria, um feito e tanto para o Volkswagen.

Outra prova da demanda no mercado brasileiro por modelos 7 lugares é que a Jeep contará com um modelo nacional com essa característica, que está sendo desenvolvido e será fabricado em Goiana (PE). Ainda sem previsão de estreia, a novidade também deverá chegar a outros países.

Caso a Hyundai consiga ampliar sua capacidade produtiva para montar aqui no Brasil um modelo como o Creta 7 lugares, algo que poderá resultar em um preço mais competitivo (quem sabe gravitando na faixa dos R$ 100.000), certamente ele ganharia uma boa atenção por parte do público, ainda mais levando em consideração a excelente reputação que o SUV conquistou por aqui.

Talvez com a estreia do Creta 7 lugares na Índia, o que está previsto para ocorrer no começo de 2021, possamos ter mais detalhes sobre o projeto e os locais onde a Hyundai tem nos planos comercializar a novidade. Até lá seguiremos o modelo de perto e vamos reportar todas as novidades aqui no Autoo. Acompanhe!

Projeção de Kleber Silva para o Creta/ix25 com 7 lugares
Projeção de Kleber Silva para o Creta/ix25 com 7 lugares
Imagem: Kleber Silva