''Baby Renegade'': negado no Brasil, novo Jeep estreia globalmente em 2022

SUV menor da marca terá cerca de 4 m de comprimento e poderá até fazer uso de plataforma da Peugeot
Jeep Renegade 2019

Jeep Renegade 2019 | Imagem: Divulgação

Com a chegada de novos SUVs menores no mercado brasileiro se aproximando, incluindo o Volkswagen Nivus no futuro, era de se esperar que Jeep seguiria por um caminho similar. No entanto, conforme já adiantado pelo Autoo, a marca não está interessada em vender um “mini-Renegade” em nosso mercado.

Apesar disso, um modelo para atuar no mercado de SUVs sub-compactos, abaixo do Renegade, deve ser apresentado pela Jeep nos mercados internacionais até 2022. Tendo cerca de 4 m de comprimento, o modelo deve estrear primeiro na Ásia, especificamente na Índia, onde a tributação é menor para veículos abaixo dessa medida.

Em entrevista ao site britânico AutoExpress, Marco Pigozzi, chefe de marketing da marca para a Europa, afirmou que, apesar de pequeno, a novidade ainda será um Jeep: “O carro poderá ser usado como um Jeep casca-grossa, mas também foi desenhado para ser usado todos os dias”.

Além de entrar em um segmento cada vez mais explorado, o novo Jeep sub-compacto deverá chegar já com opção híbrida: “Nós temos a capacidade de entregar a eletrificação que precisamos”, afirmou Pigozzi. Para tanto, o novo modelo poderá utilizar até a plataforma CMF da Peugeot-Citroën (PSA), uma vez que os franceses anunciaram a parceria com o grupo Fiat-Chrysler (FCA), que controla a Jeep.

Procurada pelo Autoo, a Jeep afirmou que, no Brasil, uma opção da marca menor que o Renegade não seria ideal. “Ocorreria uma sobreposição com modelos da Fiat”, informou uma fonte ligada à empresa. No médio prazo, a marca de origem italiana pode apresentar um crossover derivado do Fiat Argo para concorrer nesse mesmo segmento e batendo de frente com o VW Nivus. 

Jeep Renegade 2019
Jeep Renegade 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!