CAOA Chery: sem previsão para a estreia dos novos Tiggo 5x e Tiggo 7 no Brasil

SUV médio com um bom pacote de melhorias estreou no fim do ano passado na China
Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China

Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China | Imagem: Reprodução internet

Seja na China ou aqui no Brasil, onde atua por meio da CAOA Chery, a fabricante adota um comportamento muito peculiar no segmento automotivo. Ao contrário das demais montadoras, a Chery não costuma reger suas atualizações pelo cronograma convencional do mercado, que contempla um período de sete a oito anos para uma geração completa de um veículo novo, com um facelift de meio-ciclo na metade desse tempo.

Na medida em que novas tecnologias vão surgindo ou a demanda do público solicita, a Chery na China ou a CAOA Chery aqui no Brasil mostram que não vão demorar para atualizar seus produtos. É uma lógica hoje muito comum na indústria de telefonia, em que modelos mais caros de smartphones são atualizados a cada ano.

Como já relatamos aqui no Autoo, dois modelos importantes para a CAOA Chery aqui no Brasil, no caso o Tiggo 5x e o Tiggo 7, estrearam recentemente na China aprimoramentos estéticos até que relevantes tanto na parte externa como interna.

Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China
Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China
Imagem: Reprodução internet

No caso do SUV médio Tiggo 7, a atualização para o modelo tornou-se conhecida no fim de 2019 no Salão de Guangzhou. Ela contemplou em especial uma nova dianteira ao SUV, com uma grade frontal maior e um capô está menos inclinado. Os faróis também estão mais afilados em relação ao carro atualmente produzido no Brasil, sendo montados em posição elevada e mais próximos ao capô.

Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China
Acima o Tiggo 7 atualizado vendido na China
Imagem: Reprodução internet

Na lateral, a marca adotou uma janela atrás da coluna C integrada, reforçando a impressão de teto flutuante. Já na traseira, as finas lanternas passaram a ser unidas por filete único vermelho, dando a impressão de ser apenas uma peça, enquanto a placa foi reposicionada no para-choque. Com as mudanças, o novo Chery Tiggo 7 chinês cresceu um pouco, apesar de manter o entre-eixos de 2,67 m. O SUV passa a ter 4,50 m de comprimento, 1,74 m de altura e 1,84 m de largura. Na China, o modelo pode ter motor 1.5 turbo de 156 cv, similar ao flex oferecido no Brasil, mas também pode contar com um novo 1.6 turbo com injeção direta e potência na casa de 200 cv. Esse propulsor mais moderno e eficiente deverá estrear no Brasil no Tiggo 8, que deverá chegar ao nosso mercado ainda neste ano. 

O SUV compacto Tiggo 5x, por sua vez, vai adotar a mesma estética visual dianteira aplicada para o Tiggo 7 renovado, como é possível ver nas imagens. As novidades para o Tiggo 5x deverão ser reveladas na China no próximo dia 16. Importante adiantar também que o Tiggo 2 passará por uma renovação visual na mesma linha dos primos maiores em breve no país-sede da Chery. 

Novo Chery Tiggo 5X: visual atualizado novamente e interior inédito
Novo Chery Tiggo 5X: visual atualizado novamente e interior inédito
Imagem: Reprodução/AutoHome

Internamente, tanto o Tiggo 5x como o Tiggo 7 atualizados passam a contar com um visual completamente revisto. A central multimídia passa a adotar uma nova tela no formato flutuante, o ar-condicionado passa a ser operado por meio de uma tela digital e o volante também é novo, uma atualização necessária para a dupla. Os modelos também ganham um novo painel de instrumentos digital e, para o Tiggo 7, um novo comando para a alavanca do câmbio. 

Console central do Tiggo 5X: comandos sensíveis ao toque do ar-condicionado
Console central do Tiggo 5X: comandos sensíveis ao toque para o ar-condicionado
Imagem: Reprodução/AutoHome

Procurada pelo Autoo, a CAOA Chery nos explicou que até o momento não tem previsão para a estreia das melhorias no Tiggo 5x e no Tiggo 7 montados localmente em Anápolis (GO). Contudo, a marca já registrou as atualizações para o SUV médio no país, sinalizando que os aprimoramentos não deverão demorar. Considerando os abalos que a pandemia do novo coronavírus causou na economia e no setor automotivo, é muito provável que as atualizações para a dupla sejam lançadas no mercado nacional apenas em 2021. Vamos acompanhar! 

A traseira do Tiggo 5X pouco mudou, mas trocou o logo da marca por a inscrição de seu nome
A traseira do Tiggo 5X pouco mudou, mas trocou o logo da marca pela inscrição de seu nome
Imagem: Reprodução/AutoHome
Assine a newsletter semanal do AUTOO!