CAOA Chery Tiggo 2 ganhará 1.0 turbo em 2021, diz revista

Modelo já está de cara nova e montadora nacional pode trazer ainda mais novidades para seu modelo entrada em 2021
Facelift para o Tiggo 2 revelado na China

Facelift para o Tiggo 2 revelado na China | Imagem: Reprodução internet

O CAOA Chery Tiggo 2 tem um papel importante dentro das operações da empresa sino-brasileira por aqui. Ele é o modelo mais em conta da marca, partindo de R$ 65.990. Também é o primeiro carro que a empresa vende como SUV por aqui. Seu projeto foi um dos últimos realizados antes de o Grupo CAOA assumir 51% das operações da Chery em nosso país, ainda em 2017.

Com isso, o Tiggo 2 já mostra sinais da idade. Principalmente pelo conjunto mecânico formado pelo motor 1.5 flex aspirado e a caixa automática de quatro velocidades. Na China, o modelo já passou por um profundo facelift, sendo chamado de Tiggo 3X Plus, mas manteve o conjunto mecânico similar ao do carro brasileiro.

Leia mais: em menos de dois anos, CAOA Chery chega a 20 mil carros produzidos em Goiás

Facelift para o Tiggo 2 revelado na China
Facelift para o Tiggo 2 revelado na China
Imagem: Reprodução internet/Autohome

Essa condição, no entanto, pode mudar. De acordo com a Quatro Rodas, a CAOA Chery já estaria negociando com empresas nacionais para o fornecimento de peças de um novo motor. Tal propulsor seria um inédito 1.0 turbo flex de três cilindros com injeção direta de combustível, algo que os atuais Tiggo 7 e Tiggo 8 não possuem.

E este novo propulsor não foi algo que a CAOA simplesmente pegou de algum projeto já existente da Chery. A marca chinesa utiliza a família de propulsores Acteco, feitos em parceria pela matriz da China e pela austríaca AVL. No entanto, o menor tricilíndrico disponível pelo acordo conjunto era um 1.2 turbo a gasolina. 

Isso pode significar que o inédito 1.0 terá parcela importante do desenvolvimento realizada no Brasil. De acordo com a publicação, este novo propulsor deve trabalhar em conjunto a um câmbio automático CVT, o mesmo do Arrizo 6. Além disso, o motor menor ajudaria o novo Tiggo 2 a ser mais econômico e potente, além de enquadrá-lo em uma faixa menor de IPI.

A novidade está prevista para chegar ainda nos primeiros meses de 2021, trazendo as alterações visuais observadas no Tiggo 3X Plus chinês, com nova frente, faróis divididos, lanternas redesenhadas e uma cabine com materiais mais nobres que o do atual. Além disso, o pequeno SUV deve receber ainda a adição de equipamentos como controle eletrônico de estabilidade e freio de estacionamento com acionamento elétrico.

Facelift para o Tiggo 2 revelado na China
Interior do novo Tiggo 2 revelado na China
Imagem: Reprodução internet/Autohome
Assine a newsletter semanal do AUTOO!