Celebrando 20 anos, Ford Focus 2019 é revelado na Europa

Modelo alcança a quarta geração e aposta em refinamentos para se manter competitivo
Ford Focus 2019

Ford Focus 2019 | Imagem: Divulgação

Em meio ao avanço dos SUVs cada vez maior em direção aos sedãs e hatches, a Ford ainda enxerga que há meios para tornar o Focus um modelo que se destaque frente aos utilitários esportivos apostando em um nível mais alto de equipamentos e tecnologia a bordo. 

O modelo, que celebra 20 anos de vida neste ano, alcança sua quarta geração. A novidade foi relevada nesta terça-feira (10) pela Ford na Europa, o berço de modelos com a proposta do Focus e onde eles encontram seu maior mercado. Sucessor do Escort, o Focus ganhou até mesmo uma versão “aventureira” para agradar os clientes que pisarem em uma concessionária da marca no Velho Continente.

Mas antes vamos falar um pouco do que o Focus entrega em sua quarta geração. Começando pela plataforma, o hatch médio passa a contar com a nova arquitetura C2 dando vida ao projeto. Segundo a marca, ela proporcionou melhorias importantes ao Focus, como um aumento na rigidez torcional da ordem de 20%. Só o conjunto de suspensão, que segue independente nas 4 rodas, registrou uma melhora isolada de 50% no nível de rigidez dos pontos de fixação. Além disso, a plataforma C2, destaca a Ford, foi concebida de forma a melhorar o nível de espaço interno, segurança estrutural e ainda colabora com o design do carro ao proporcionar aos designers mais liberdade nas formas da carroceria.

No visual, de qualquer forma, o Focus agrada pelo menos nas imagens iniciais. Com um aspecto mais premium, o modelo se destaca pelos ombros acentuados nas laterais e os balanços dianteiro e traseiro mais curtos, traços típicos de carros mais sofisticados. O entre-eixos está maior em 53 mm, o que, de acordo com a Ford, permitiu adotar um conjunto de rodas e pneus maiores, reduzindo o vão com a carroceria, outro ponto geralmente visto em automóveis de segmentos superiores.

Por falar nisso, o Focus traz na gama de versões novidades interessantes. Começando pelo catálogo Vignale, designação que indica o melhor nível de acabamento da gama Ford, com direito ao uso de alguns elementos com aspecto artesanal na cabine do modelo e uma grade dianteira exclusiva.

Na outra ponta, o Focus 2019 também contará com a versão esportiva ST, que traz a suspensão rebaixada em 10 mm e uma série de elementos esportivos no visual como um difusor traseiro, aerofólio, aberturas na dianteira exibindo partes do motor, dentre outros.

E não é que vivemos para ver um Focus “aventureiro”? Pois é, um dos destaques da quarta geração é a nova versão Active. Segundo os passos do que vimos na nova geração do Fiesta, o Focus também se prepara para agradar os olhos de quem vai comprar um SUV. Com a altura em relação ao solo um pouco maior em relação às demais versões e molduras pela carroceria, a Ford cria uma aspecto mais robusto ao hatch médio. A nova versão Active também se destaca em sua paleta de cores.

O pacote de tecnologia e recursos avançados de conforto devem projetar o Focus dentro do segmento de hatches médios e, assim contempla a estretégia da Ford, também entre os consumidores de SUVs.

Dependendo da versão, por exemplo, o Focus 2019 pode receber um respeitável sistema de som da Bang & Olufsen com 675W de potência e 10 alto-falantes, incluindo aí um subwoofer colocado no porta-malas e um mid-range instalado no centro do painel e calibrado especificamente para o carro.

O Focus pela primeira vez contará com um sistema de ajuste dos modos de condução variante entre o Normal, Sport e Eco. Na linha da tecnologia, o Focus em sua quarta geração recebe o assistente de estacionamento mais avançado da Ford, que pode realizar a baliza completa de forma autônoma, incluindo as movimentações para frente e para trás do carro. O sistema também traz o Park-out Assist, que ajuda a sair das vagas.

Estão presentes no modelo recursos como o head-up display, farol adaptativo capaz de “prever” curvas e calcular a melhor intensidade de iluminação possível, assistente de permanência em faixa, além do piloto automático adaptativo com função específica para o trânsito urbano, no qual o recurso controla o veículo em situações de anda e para.

Para mover tudo isso, a Ford escalou o time dos eficientes motores 1.0 e 1.5, ambos da linha EcoBoost e oferecendo pela primeira vez na história um sistema de desativação de cilindros para propulsores tricilíndricos. O 1.0 EcoBoost no Focus terá calibrações de 85 cv, 100 cv e 125 cv. O 1.5 EcoBoost, por sua vez, poderá gerar até 150 cv ou notáveis 182 cv. Eles terão a opção de trabalha em conjunto com uma transmissão manual de 6 marchas ou automática quick-shifting de 8 velocidades. Entre as opções a diesel, a Ford colocará no mercado europeu os motores 1.5 e 2.0 da gama EcoBlue 

Procurada pelo Autoo sobre uma previsão de oferta da quarta geração do Focus em nosso mercado, a Ford até o momento não nos deu uma resposta.

Segundo os colegas do Argentina Autoblog, contudo, o futuro do Focus por aqui ainda não é muito claro. É interessante ouvir o que os meios do país vizinho têm a nos dizer, uma vez que o Focus vendido aqui é produzido pelos hermanos. A produção da quarta geração não está confirmada para a unidade de Pacheco, o que pode colocar em espera a vinda do Focus 2019 ao Brasil e região. Sabe-se, até o momento, que ele será produzido na Alemanha para o mercado europeu e na China, de onde inclusive será exportado para os EUA. Talvez, caso a Ford ainda queira vender o Focus no Brasil, sua nova geração chegue por aqui oriundo do país asiático. De qualquer forma vamos acompanhar tudo isso bem de perto.