Citroën Aircross ganha motor flex sem ''tanquinho'' auxiliar

Propulsor 1.6 Flex Start gera 122 cv; airbags e ABS vêm de série na linha 2013

Citroën Aircross 2013 | Imagem: Citroën

A rotina de abastecer com gasolina o tanquinho auxiliar do motor flex não é mais necessário no Aircross 2013. A Citroën anunciou nesta semana a chegada da versão aventureira do C3 Picasso equipado com o novo propulsor 1.6 Flex Start, que conta com uma espécie de aquecedor para adequar a temperatura do etanol para ignição com o carro “frio” - esse mesmo bloco também equipa do Peugeot 308.

O novo motor do Aircross também é mais potente que o da linha anterior: gera 122 cv e 16,4 kgfm de torque (com etanol), contra 110 cv e 14,5 kgfm da gama passada.

Outra mudança importante na minivan são os airbags frontais e o freio ABS com EBD, que passam a vir de série desde a versão de entrada GLX. Nessa configuração o Aircross ainda traz ar-condicionado, direção elétrica, faróis de neblina, rádio com entrada para iPod, além da lista dos itens “aventureiros”, como a bússola e clinômetros no painel e o rack de teto.

Na série Exclusive, a montadora adicionado ao Aircross ar-condicionado com controle digital, bancos em couro, Rádio Pioneer e banco do motorista com regulagem de altura. Essa versão ainda tem airbags laterais e navegador GPS com mapas de 1.300 cidades e 1 milhão de pontos de referências (postos, restaurantes, concessionárias...).

As duas versões do carro ainda podem ser equipadas com câmbio manual de 5 marchas ou automático sequencial de 4 velocidades. A linha 2013 do Aircross já está disponível nas concessionárias da marca francesa com preços a partir de R$ 53.900.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!