Em meio aos SUVs e picapes que dominaram a paisagem do Salão de Detroit neste ano, uma novidade merece especial destaque para o público brasileiro: trata-se do Jeep Cherokee 2019, modelo que faz a ponte entre o Compass e o Grand Cherokee e ganhou algumas melhorias interessantes com a estreia da nova linha.

O estilo geral do modelo foi mantido, com sua grade frontal proeminente, porém alguns elementos da dianteira foram aprimorados. O Cherokee 2019 recebeu um capô mais leve, luzes diurnas de LED e faróis com iluminação completa por LED dependendo da versão.

Uma melhora na parte traseira do Cherokee 2019 fica por conta do do reposicionamento do mecanismo para abertura do porta-malas, “em uma posição mais confortável para os clientes”, explica a Jeep. A tampa do compartimento também recebeu a possibilidade de acionamento elétrico, inclusive podendo ser acionada pelo movimento dos pés logo abaixo do para-choque traseiro, uma conveniência muito útil quando você se aproxima do carro com as mãos ocupadas. 

Outra “aquisição” do Jeep Cherokee em sua linha 2019 reside no teto solar com dois painéis, portanto cobrindo praticamente toda a parte superior do SUV e melhorando a experiência “ao ar livre” a bordo do modelo, realça a Jeep na apresentação da novidade.

Na parte interna, por sua vez, o Cherokee 2019 ganhou o reforço de novas combinações de cores para o acabamento e uma melhora nos materiais aplicados na cabine.

Uma boa evolução no Cherokee 2019 é a inclusão na gama do novo motor 2.0 turbo com injeção direta. Além dos periféricos citados, o propulsor conta com comando de válvulas variável e até mesmo um sistema de recirculação de gases de escape (C-EGR), recurso que ajuda a reduzir o nível de poluentes expelidos pelo carro. O motor 2.0 turbo também conta com start-stop para diminuir o consumo em especial no uso urbano. Com esse pacote, a novidade entrega até 273 cv de potência e excelentes 40,7 kgfm de torque, valores muito bons e que devem conferir bom desempenho ao SUV.

Além do novo motor 2.0, o Cherokee 2019 segue equipado com o 3.6 V6 Pentastar de 274 cv de potência e 33 kgfm de torque também dotado de start-stop, assim como o 2.4 Tigershark permaneceu no catálogo do SUV. Beneficiado com o sistema MultiAir2, que permite a variação tanto no tempo como no curso de abertura das válvulas, o propulsor 2.4 entrega até 182 cv e 23,5 kgfm de torque.

A transmissão automática oferecida para o Cherokee segue a TorqueFlite de 9 marchas, porém o software de gerenciamento do câmbio foi atualizado na linha 2019 para “refinar” seu comportamento, de acordo com a Jeep.

O Cherokee 2019 segue com suspensão independente nas quatro rodas, sendo McPherson no eixo dianteiro e multibraço para as rodas traseiras. A Jeep destaca que recalibrou o sistema de tração Active Drive II presente em algumas versões do modelo. O sistema de tração mais robusto pode receber nos EUA o diferencial traseiro bloqueável Active Drive Lock, de série na versão destinada ao uso off-road Trailhawk, que proporciona uma tração ainda melhor para atividades fora do asfalto.

Atualmente o Jeep Cherokee tem uma participação muito tímida no mercado, registrando somente 294 unidades emplacadas ao longo de 2017. O Jeep Compass, por sua vez, foi o SUV mais vendido do Brasil no ano passado com 49.196 emplacamentos. Hoje o Cherokee é oferecido no Brasil somente com o motor V6 Pentastar em três versões, no caso a Longitude (R$ 169.990), Limited (R$ 184.990) e Trailhawk (R$ 199.990).

Procurada pelo Autoo, a Jeep explicou que o Cherokee 2019 será lançado ainda neste ano no Brasil, mas sem estipular uma data específica. A montadora também acrescentou que a opção 2.0 turbo conta com uma grande chance de desembarcar em nosso país, se juntando ao propulsor V6 ou entrando em seu lugar. Seguramente o Cherokee 2.0 turbo teria muito mais apelo comercial e poderia melhorar a procura do modelo no Brasil, que não deixa de ser uma excelente opção em especial para quem quer um utilitário esportivo com mais espaço interno ou desempenho que o Compass. E está disposto a pagar por isso. 

 
 
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
Jeep Cherokee 2019
Jeep Cherokee 2019
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/