Elétricos da JAC encarecem antes de chegarem às ruas

Com as primeiras entregas prometidas para janeiro de 2020, até mesmo o pequeno iEV 20 ficou mais caro
JAC iEV 20 2020

JAC iEV 20 2020 | Imagem: Divulgação

Anunciada há pouco mais de três meses, a ofensiva de carros elétricos da JAC Motors encontrou os primeiros percalços em solo brasileiro. De acordo com a empresa, a cotação elevada do dólar obrigou a marca a aumentar os preços cobrados por seus veículos elétricos antes mesmo de alguns deles chegarem às ruas.

O JAC iEV 20, por exemplo, deve ter as primeiras entregas ocorrendo em janeiro de 2020. No entanto, o preço inicial de R$ 119.990 aumentou para R$ 124.990, um acréscimo de R$ 5 mil. O pequeno hatch traz um motor elétrico de 68 cv e 21,9 kgfm de torque, além de autonomia declarada entre 320 km e 400 km, dependendo do uso.

Outro modelo que recebeu aumento foi o iEV 40, variante elétrica do JAC T40 e que já estava disponível para entregas. O preço passou de R$ 153.900 para R$ 159.900. Ele gera 115 cv de potência, 27,6 kgfm de torque e autonomia entre 300 km e 350 km.

O iEV 60, opção elétrica do recém-lançado JAC T60 já testado pelo Autoo, passou de R$ 198.900 para R$ 209.900, devendo chegar apenas em julho de 2020. O maior aumento na lista foi para o caminhão pequeno iEV 1200T, com acréscimo de R$ 20 mil, custando agora R$ 279.900. A picape elétrica JAC IEV 330P também teve o preço elevado para R$ 244.900, com aumento de R$ 15 mil.

JAC iEV 40 2020
JAC iEV 40 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!