Ferrari GTC4Lusso chega para substituir a FF

Superesportivo traz visual renovado, novo interior e motor V12 de 690 cv
Ferrari GTC4Lusso 2016

Ferrari GTC4Lusso 2016 | Imagem: Divulgação

Um dos modelos mais “exóticos” lançados pela Ferrari nos últimos anos, a FF acaba de estrear suas primeiras mudanças. O modelo agora passa a se chamar GTC4Lusso, sendo o “GTC” referente a Grand Turismo Coupe, “4” para o número de assentos e “Lusso” para mostrar logo de cara que o bólido oferece nível de acabamento superior aos demais carros da fabricante. Além disso, o automóvel recebeu visual renovado, interior mais tecnológico e conjunto mecânico ainda mais potente.

A começar pela motorização, a nova Ferrari GTC4Lusso usa o mesmo motor V12 naturalmente aspirado de 6.3 litros do modelo anterior, mas a potência foi aumentada em 30 cavalos, chegando a 690 cv, enquanto o torque passou de 69,6 kgfm para 71,1 kgfm, a 5.750 rpm – 80% do torque está disponível a 1.750 giros.

Outra novidade é o sistema 4RM-S de tração permanente e direção nas quatro rodas. Trata-se de uma evolução do 4RM de tração integral, que oferece um sistema de esterçamento das rodas traseiras, melhorando as respostas do superesportivo em curvas.

Esse conjunto, segundo dados da Ferrari, leva o novo modelo de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos (0,3 s mais rápido que a antiga FF) e alcança velocidade máxima de 335 km/h.

No visual, há faróis com novo formato, para-choque dianteiro redesenhado com entradas de ar maiores, rodas com novo desenho, lanternas duplas, spoiler mais largo e para-choque traseiro com novas linhas. Além disso, a coluna “C” ficou ligeiramente menor, o que, segundo a empresa, melhora o espaço para os ocupantes.

Já no interior, o painel foi totalmente redesenhado, com destaque para a nova central multimídia com tela sensível ao toque de 10,25 polegadas e um display na frente do passageiro dianteiro, que exibe informações como rotação do motor e marcha selecionada.

A nova Ferrari GTC4Lusso será a principal atração da marca no Salão de Genebra, em março, e estará disponível no mercado europeu a partir do segundo semestre deste ano por 270 mil euros. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!