Focando em outras regiões, Nissan vai apenas ''manter o nível operacional apropriado'' na América do Sul

Marca japonesa apresenta seu plano estratégico para os próximos quatro anos
Nissan Sentra 2020

Nissan Sentra 2020 | Imagem: Divulgação

Depois da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi clarificar de uma forma geral os próximos planos da parceria estratégica para o médio prazo, chegou a vez de cada uma das marcas que integram o acordo oferecerem mais detalhes sobre os próximos passos de suas atividades.

O plano da Nissan para os próximos quatro anos (2020-2023) também promete ser bastante agressivo e contempla medidas drásticas como a saída do mercado sul-coreano, a retirada da submarca Datsun da Rússia e a intenção de fechar sua fábrica em Barcelona, na Espanha.

No Sudeste Asiático, a Nissan também fechar sua fábrica na Indonésia e centrar as atividades de manufatura na região apenas na Tailândia.

Com foco no Japão, China e América do Norte, a Nissan revelou nesta quinta-feira (28) que pretende apenas “manter seus negócios ao nível operacional apropriado na América do Sul, Europa e Sudeste Asiático”. Já sabemos, pelo comunicado de ontem da Aliança, que caberá à Renault a maior atenção ao mercado da América do Sul.

Com as mudanças, a ideia da Nissan é atingir um nível de utilização de suas plantas ao redor do mundo da ordem de 80%, com isso tornando as operações mais lucrativas. A previsão é alcançar uma produção global da ordem de 5,4 milhões de automóveis e comerciais leves por ano.

A Nissan também anunciou que vai “racionalizar” sua gama completa de modelos dos atuais 69 para menos de 55 opções em toda sua linha global. Mesmo assim, a marca anunciou a intenção de lançar 12 novos modelos dentro de um ano e meio, mantendo, com isso, uma gama mais moderna.

A Nissan espera atingir a venda de um milhão de carros eletrificados no ano por volta de 2023, incluindo modelos 100% elétricos e híbridos com a tecnologia e-Power. No Japão, serão lançados dois modelos completamente elétricos e outros quatro com a tecnologia e-Power. 

Nissan Kicks e-Power
Nissan Kicks e-Power
Imagem: Divulgação
Tags