O Focus deixou de ser produzido na Argentina depois de 20 anos ininterruptos. Foram, ao todo, três gerações do hatch e do sedan médios oferecidos no Brasil e região e não há perspectiva de um substituto para a unidade de Pacheco, liberando a linha de montagem completamente para a Ford Ranger. O fim da produção do Focus havia sido anunciado em outubro de 2018, e agora se concretiza: o último exemplar do modelo será feito no dia 9 de maio, a próxima quinta-feira.

No sábado, entretanto, vazaram imagens de uma despedida improvisada organizada pelos funcionários que são responsáveis pela fabricação do modelo. Nela é possível ver um Ford Focus hatch branco, que seria a "última" unidade produzida, e um grupo de operários reunidos ao redor do carro, a linha de produção vazia e um carta que deixa uma clara mensagem para o governo de Mauricio Macri, presidente da Argentina: "Obrigado, Macri. Último Focus 2019. 520 companheiros demitidos."

Segundo o comunicado da filial argentina, o Focus deixa de ser produzido por conta da baixa demanda por veículos do segmento C. Foi a mesma decisão tomada pela Renault Argentina, que interrompeu a produção do Fluence na planta de Córdoba, sem substituto direto, pois os consumidores buscam cada vez mais SUVs e menos veículos de passeio. O Grupo PSA passa pelo mesmo problema, pois este ano a fábrica da Argentina também deixou de exportar o 408 e o 308 ao Brasil, apesar do conglomerado francês ter anunciado recentes investimentos no país vizinho. 

Desde o anúncio de fim de produção da linha Focus, a Ford Argentina abriu um programa de demissão voluntária para reduzir o número de funcionários. A marca não informou quantos colaboradores aceitaram a proposta, e também não confirmou as 520 pessoas demitidas mencionadas no cartaz. O sindicato local também não comentou detalhes sobre a situação na fábrica.  

 

Ford Focus 2019
Funcionários da linha de montagem da Ford, na Argentina, despedindo-se do Focus 
Imagem: reprodução internet

 

 

Vinicius Montoia

Formado pela PUC-SP em jornalismo, Vinicius já atua no setor automobilístico desde 2013. É criador do canal Narração Esportiva do Youtube, projeto que conta a história dos maiores narradores esportivos do país

Vinicius Montoia | https://www.youtube.com/channel/UC2lKRtZdmSdMRJZ8Pim78Fw