Ford revela o Mustang 2018. E ele chegará ao Brasil!

Esportivo finalmente será importado ao país para disputar mercado com o Chevrolet Camaro
Ford Mustang 2018

Ford Mustang 2018 | Imagem: Divulgação

Na galeria de fotos e no vídeo logo abaixo você confere o aguardado Ford Mustang 2018, que finalmente chegará ao Brasil importado pela marca no mais tardar entre o fim de 2017 e o começo do próximo ano, conforme apurou o AUTOO

Somente os olhares mais aguçados notarão as diferenças estéticas entre o Mustang 2017 e o 2018, a começar pela grade dianteira redesenhada. O capô também ficou mais baixo para melhorar a aerodinâmica, enquanto o sistema de iluminação traz uma boa novidade: todo o conjunto passa a contar com luzes de LED, seja para a luz diurna como também as luzes de direção, faróis de neblina e o farol alto e baixo.

Na traseira, as lanternas também contam com iluminação por LED e ostentam novo visual. O para-choque e o aerofólio também são novos. Por fim, completando o conjunto, o cupê equipado com motor 2.3 turbo conta com saída dupla para o escapamento e o GT, com propulsor V8, traz saída quádrupla.

Por dentro, o Mustang 2018 traz novos padrões e cores para o revestimento dos bancos, volante com aquecimento (opcional), chave com novo design, console central com costuras feitas a mão e, para coroar o conjunto, o emblema Mustang no painel de instrumentos ganhou mais destaque.

Com um bom leque de personalização, o Mustang 2018 oferece, por exemplo, 12 opções de rodas de liga leve e novas cores externas, como a Orange Fury que você vê nas fotos.

Na parte mecânica, a Ford decidiu aposentar o motor 3.7 V6 até mesmo por oferecer desempenho inferior ao 2.3 EcoBoost, com turbo e injeção direta. O motor 5.0 V8, que deverá chegar ao Brasil, foi totalmente revisto e ganhou mais potência. Um de seus principais aprimoramentos reside na nova injeção direta de alta pressão, que estreia no Mustang. De acordo com a Ford, ela permite ao motor oferecer mais torque em giros mais baixos e colabora com a economia de combustível. A potência, contudo, ainda não foi divulgada.

Outro ponto de destaque do Mustang vai para a inédita transmissão automática de 10 marchas. Segundo a fabricante, “comparada à transmissão anterior de seis marchas, ela oferece engates mais rápidos, melhor resposta em baixa velocidade e uma grande redução nas perdas por atrito. Seu novo sistema de controle eletrônico traz ajustes exclusivos para cada modo de direção, com programação adaptativa de trocas em tempo real para garantir a marcha certa no momento certo”.

Além da adoção de novos amortecedores, uma barra estabilizadora mais eficiente e uma nova junta da suspensão traseira, o Mustang 2018 terá como opcional o sistema MagneRide de amortecimento regulável, ele é um dos integrantes do pacote Performance.

Como condiz a um esportivo, o ronco do motor é um dos itens bem valorizados nesse segmento e o Mustang não faz feio nessa área. A versão GT, que conta com motor V8, pode ser equipada com uma válvula de escape ativa que permite variar a potência sonora e, com isso, personalizar o ruído emitido pelo escape.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!