Jaguar prepara mais três novos SUVs

Além do já confirmado I-Pace com propulsão elétrica, montadora vai expandir a trilha aberta pelo F-Pace
Jaguar I-Pace Concept

Jaguar I-Pace Concept | Imagem: Divulgação

A Jaguar provou que sua ousadia de lançar o primeiro utilitário esportivo de sua história, no caso com o F-Pace, foi muito bem sucedida. Graças ao SUV e à boa aceitação do sedã médio-grande XE, a marca colecionou alguns resultados excelentes em 2016, como a fabricante de luxo com a maior taxa de crescimento nos EUA. No Brasil, resguardadas as proporções e considerando o cenário de crise econômica, a Jaguar não deixou de apresentar uma boa evolução, considerando as 787 unidades emplacas no país em 2016 frente as 513 de 2015, isso ainda levando em conta a forte queda do mercado nacional como um todo.

E se o F-Pace mostrou-se muito bem sucedido, a Jaguar não vai se intimidar pela presença da Land Rover no grupo, empresa especializada em utilitários esportivos de luxo, e já prepara uma ampla investida na categoria, incluindo opções com propulsão alternativa.

Como já foi antecipado no Salão de Los Angeles, o elétrico I-Pace será lançado em 2018 para fazer frente a investida de Mercedes-Benz e Audi, que entrarão fortemente no segmento de SUVs elétricos até o fim da década. Com garantia de boa disposição para acelerar, o I-Pace contará com dois motores elétricos que entregarão 400 cv e 71,3 kgfm de torque quando trabalhando em conjunto. Segundo a Jaguar, ele será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,1 segundos, mas o principal destaque do I-Pace ficará por conta da autonomia de aproximandamente 500 km, praticamente equiparando o alcance com um SUV equivalente movido a gasolina.

Já para quem acha o F-Pace atual grande demais, a Jaguar trabalha no E-Pace, uma opção mais compacta que vai contar apenas com opção de motor 4 cilindros da nova família Ingenium, nas opções a diesel e gasolina. É bem possível que o E-Pace (o nome ainda não está confirmado) compartilhe a plataforma com o Range Rover Evoque, o que já nos dá uma ideia do porte do futuro modelo da Jaguar. Apesar de dividir alguns elementos de design, o E-Pace e seu primo elétrico I-Pace são modelos completamente diferentes.

Mas a estratégia completa da Jaguar a médio prazo é tornar o F-Pace o modelo intermediário dentro de sua linha de SUVs, uma vez que vem aí também o J-Pace. O modelo que deverá ser o utilitário esportivo topo de linha da Jaguar foi flagrado em testes desde o ano passado e, seguindo a estrutura do grupo, pode emprestar a plataforma da linha Range Rover.

O E-Pace deverá ser lançado na Europa entre o fim de 2018 e o começo de 2019, seguido pelo J-Pace cerca de um ano depois. Com isso, a Jaguar é mais uma das marcas que promoverá uma guinada em seu plano estratégico, focando fortemente em SUVs.