Mitsubishi ASX 2020: visual é sucesso, mas gringos não recomendam

Visual repaginado do SUV da marca estreou em 2019 e ainda não chegou ao Brasil. Australianos querem mais renovação
Mitsubishi ASX 2020

Mitsubishi ASX 2020 | Imagem: Divulgação

Uma das novidades da Mitsubishi para o Salão de Genebra (Suíça) do ano passado foi um facelift mais radical para o ASX. Pegando forte inspiração no Eclipse Cross, com a atualização visual o SUV de entrada da marca não dá mais pistas, pelo menos do lado de fora, de que seu projeto completa uma década. Enquanto os aprimoramentos estéticos ainda não são oferecidos no Brasil mesmo após mais de um ano, os gringos já andaram e não viram nada de especial no modelo.

O site australiano Carscoops foi um dos sites que avaliaram o novo Mitsubishi ASX 2020 recentemente. Na Austrália, o carro pode ter o mesmo motor 2.0 16V quatro cilindros de aspiração natural que o modelo ainda oferecido no Brasil, desenvolvendo aqui até 170 cv de potência e 23 kgfm de torque com etanol, mas apenas 147 cv naquele mercado. A diferença é que, aqui, o câmbio é sempre automático do tipo CVT, enquanto na Austrália há opção por um câmbio manual.

No entanto, o carro avaliado pelo site australiano trazia um motor 2.4 de 165 cv e ele foi alvo de algumas críticas. De acordo com a publicação, mesmo sendo o propulsor maior, seu desempenho estava muito aquém do oferecido em rivais naquele mercado com sobrealimentação por turbo, como Kia Seltos e Hyundai Kona. A reportagem indicava que, enquanto ia bem em uso leve, ao se exigir mais do conjunto, tanto o motor quanto o câmbio CVT equipado não ofereciam uma experiência agradável.

Mitsubishi ASX 2020
Mitsubishi ASX 2020
Imagem: Divulgação

O visual externo foi bastante elogiado pelo Carscoops, que o descreveu como “atual o bastante para disfarçar os mais de 10 anos de idade de seus projeto”. No entanto, o interior recebeu mais críticas, sendo que, ao se entrar no carro, imediatamente se percebe que o Mitsubishi ASX envelheceu. A central multimídia também pareceu uma geração atrasada na opinião dos australianos. Segundo rumores, a marca japonesa já está trabalhando na atualização do modelo, algo que parece bastante necessário. 

O carro avaliado pela publicação era um Mitsubishi ASX Exceed, topo de linha e dotado de tração integral. Na Austrália, o modelo sai por 35.740 dólares australianos, ou cerca de R$ 130,5 mil na cotação atual. O ASX mais caro oferecido no Brasil, o HPE-S 2.0 CVT AWD, tem preço muito similar: R$ 133.990. No entanto, a publicação considerou que, naquele mercado, há opções melhores para quem deseja um SUV compacto premium gastando menos de 40 mil dólares australianos (R$ 146,1 mil).

Mitsubishi ASX 2020
Mitsubishi ASX 2020
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!