Conforme havíamos antecipado, o Cruze chega à Argentina custando 105.000 pesos, o equivalente a R$ 43.660 na cotação atual, na versão LT. Já a LTZ, topo de linha, sairá por 121.700, algo em torno de R$ 50.600. 

Importado da Coréia do Sul, o sedã chega ao país vizinho equipado com os motores 1.8 de 141 cv (gasolina) e 2.0 turbodiesel, de 150 cv – ambas com câmbio manual de cinco velocidades ou automático de seis marchas, exclusivo do bloco a gasolina. De série, há airbags duplo e laterais dianteiros, ABS, entre outros. Na LTZ, somam-se à lista ABS com EBD e controles de estabilidade e tração.

O Chevrolet Cruze desembarca em terras brasileiras, nas versões hatch e sedã, para substituir o Vectra. Provavelmente no final do ano que vem ou, na pior das hipóteses, no início de 2012.

Rodrigo Mora

|