BMW X1 2023 traz o maior pacote de evoluções na história do SUV

Modelo atualmente é o utilitário esportivo mais vendido pela marca no mercado brasileiro
Nova geração da gama BMW X1

Nova geração da gama BMW X1 | Imagem: Divulgação

Após o vazamento de algumas informações sobre a novidade, a BMW tornou oficial nesta quarta-feira (1º) a estreia global da terceira geração do X1, seu SUV mais vendido no Brasil. E a tradicional fabricante alemã não economizou nas novidades e evoluções para o modelo. 

Começando pelos conjuntos propulsores, pela primeira vez o SUV contará com opções híbridas plug-in, todas baseadas na quinta geração do sistema BMW eDrive. 

Outro fato inédito é que o SUV também passará a contar com uma configuração 100% elétrica, no caso o BMW iX1. A iniciativa é uma clara resposta da marca bávara aos conterrâneos da Mercedes-Benz, no caso o EQA e o EQB. 

Segundo a BMW, o iX1 xDrive30 contará com dois propulsores elétricos, um por eixo, conferindo tração integral ao SUV, sendo “altamente integrados”, pontua a empresa. Considerando a função temporária “boost” acionada, o SUV elétrico entregará até 317 cv (313 hp) e 50,3 kgfm de torque. 

BMW iX1 xDrive30: SUV de entrada da marca terá opção totalmente elétrica
BMW iX1 xDrive30
Imagem: Divulgação

A fabricante alemã divulga um 0 a 100 km/h para o SUV elétrico em rápidos 5,7 segundos, enquanto a autonomia ficará na faixa de 413 a 438 km. 

Na outra ponta, as versões de entrada do novo BMW X1 2023 contarão com o auxílio do tecnologia híbrida-leve para maximizar a eficiência dos motores a gasolina ou diesel (em mercados onde a comercialização é permitida). 

Já em sua segunda geração, o sistema mild hybrid de 48V conta com um pequeno motor elétrico integrado ao câmbio de dupla embreagem com 7 marchas. 

Preservando a plataforma UKL com alguns aprimoramentos, o novo X1 2023 traz um visual que, ao menos nas imagens, parece muito equilibrado. Destaque para a dianteira já adotado o novo estilo para a tradicional grade duplo rim, com um conjunto óptico em linha com a revisão estética. 

Pela primeira vez o BMW X1, dependendo da versão, poderá receber rodas de liga leve até o aro 20”. 

A BMW detalha que o novo X1 conta com uma “construção da carroceria que reduz o peso e aumenta a rigidez, maior distância entre-eixos e bitolas mais largas do que o modelo anterior”. Também foram realizadas “atualizações direcionadas para o eixo de suspensão dianteiro, bem como a suspensão traseira multibraço”. 

Assim como apresentado recentemente para o facelift do Série 3, a nova geração do X1 passa a contar com o BMW Live Cockpit Professional, no caso uma tela curva composta por dois displays, de 12,3” e 14,9”, que combina o painel de instrumentos com a central multimídia. 

BMW iX1 xDrive30
BMW iX1 xDrive30
Imagem: Divulgação

Reforçando o conforto do SUV, a BMW salienta que o X1 2023 passa a contar com três assentos individuais para os passageiros da segunda fileira, sendo que as versões não eletrificadas do X1 contam com ajuste longitudinal. O porta-malas, por sua vez, comporta excelentes 540 litros. 

O lançamento comercial do novo BMW X1 começará em outubro deste ano, com as vendas ao redor do mundo iniciando em seguida. Aqui no Brasil, provavelmente o modelo deverá chegar às concessionárias entre o fim de 2022 e o início do ano que vem. 

Tags