Novo Duster estreia no Brasil em 2020 com ótimas evoluções

Renault prepara um ótimo conjunto mecânico para as versões topo de linha do SUV
Renault Duster 2018

Renault Duster 2018 | Imagem: Divulgação

O Renault Duster 2021 só vai estrear no primeiro semestre do ano que vem, apurou o site Autos Segredos.  Se você é fã do modelo ou acha interessante a proposta de baixo custo do SUV compacto, vale a pena ter um pouco de paciência e aguardar pelo facelift profundo que o modelo vai receber. Além de uma necessária atualização em especial da parte interna do modelo, a Renault vai promover melhorias no design externo seguindo o que já foi apresentado na Europa. A grande novidade do modelo, contudo, estará sob o capô. 

Ao que tudo indica, caberá ao Duster 2021 estrear no Brasil o motor 1.3 TCe. Desenvolvido em conjunto com a Daimler, ele é o mesmo que figura na geração mais recente do Mercedes-Benz Classe A. Dotado de turbo e injeção direta, o novo motor deverá apresentar alta eficiência, com potência e torque de sobra para, finalmente, substituir o motor 2.0 16V usado pela Renault atualmente em parte da sua gama. Ponto positivo também vai para a transmissão. O 1.3 turbo vai trabalhar em conjunto com uma caixa de dupla embreagem, que promete ajudar muito no desempenho e economia de combustível. Ela entra no lugar do já defasado câmbio automático de 4 marchas oferecido em conjunto com o propulsor 2.0 atual. 

A grande questão, também adianta o Autos Segredos, é que será necessário ter um pouco de paciência para adquirir o futuro Duster turbo, uma vez que a motorização chegará um pouco depois da apresentação do facelift do modelo. Segundo fontes ouvidas pelo site, o Duster com a motorização 1.3 TCe é esperado para chegar às concessionárias apenas no segundo semestre de 2020. Inicialmente, portanto, o facelift do Duster será lançado apenas com a motorização 1.6 SCe, que hoje tem como opção o câmbio automático CVT.  

De uma forma geral, o capô do Duster 2021 ficou mais arredondado e os faróis, menores. Já na parte traseira, a tampa do porta-malas ganhou outro desenho. As lanternas, que sempre foram ponto de questionamento dos consumidores, agora são quadradas e guardam uma inegável semelhança com as do Jeep Renegade. 

Quando se fala de potência, o 1.6 SCe desenvolve 118 cv. Já o novo 1.3 turbo deverá entregar algo em torno de 170 cv, com torque próximo aos 25 kgfm. É esperado que a Renault preserve a opção com tração integral para o modelo.  
 

Renault Duster 2020
Renault Duster 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!