Novo HB20 deverá contar com motor 1.0 turbo com injeção direta

Segunda geração do Hyundai chegará ao mercado até o fim do ano
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul

Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul | Imagem: Divulgação

Aos poucos a Hyundai vai liberando mais detalhes sobre uma das estreias mais importantes de 2019. Estamos falando da segunda geração do HB20, modelo que vai evoluir consideravelmente para fazer frente à rivais como o Volkswagen Polo e a também promissora nova geração do Chevrolet Onix.

A marca sul-coreana levou parte da imprensa especializada até sua sede para conhecer alguns detalhes iniciais da nova geração do HB20 e, começando pela parte mecânica, podemos esperar por aprimoramentos relevantes. Segundo alguns veículos noticiam, a Hyundai manterá mesmo a atual plataforma do HB20, porém realizando alguns aprimoramentos no projeto como um todo. Uma possível melhoria nas dimensões do modelo também são esperadas, o que pode resultar em mais espaço interno e uma melhora na capacidade volumétrica do porta-malas.

Outro ponto importante apurado pelos jornalistas presentes no evento é que a Hyundai deverá adotar uma gama de motorização única, baseada no propulsor 1.0 tricilíndrico em variantes aspirada e com turbo e injeção direta. Com isso, o HB20 deverá entregar números de performance e economia de combustível mais sintonizado com modelos recentes como é o caso do Volkswagen Polo, que tem nas configurações com o motor 1.0 TSI uma boa aceitação por parte do mercado. A Chevrolet também vai adotar um raciocínio parecido, nacionalizando um inédito motor 1.0 turbo mais sofisticado para sua gama.

Com isso, a linha HB20 deixará de contar com a opção 1.6 16V e o atual propulsor 1.0 turbo, que nada mais é do que variante sobrealimentada (com injeção indireta convencional) do motor aplicado nas configurações mais acessíveis do hatch e do sedan HB20S.

O futuro motor 1.0 tricilíndrico com turbo e injeção direta produzido pela Hyundai e que vai figurar na segunda geração do HB20 já é amplamente usado por outros modelos do conglomerado sul-coreano e promete elevada eficiência. Tomando como base o 1.0 TSI da Volkswagen, podemos esperar uma potência e torque máximos para o propulsor da Hyundai na casa de 130 cv e 20 kgfm utilizando etanol. É fato que o Hyundai HB20 atual nas versões 1.6 16V ainda oferece um bom desempenho, mas o consumo deixa a desejar quando o colocamos ao lado de hatches recém-chegados ao mercado.

Em 2018, durante o Salão de São Paulo, a Hyundai de certa forma antecipou o que podemos esperar em termos de design para a segunda geração do HB20 por meio do conceito Saga EV, portanto linhas em sintonia com os produtos mais recentes da fabricante. Também podemos apostar em melhorias no habitáculo, talvez com a inclusão de uma central multimídia com tela maior e mais refinada. O HB20 atual ainda se destaca por oferecer uma cabine agradável visualmente, mas que, naturalmente, também precisa evoluir como o restante do modelo. 

"Dá pra adiantar que o novo HB20 é muito parecido com o protótipo (Saga EV) exibido no Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado. A dianteira traz grade com enormes saídas de ar. Na lateral, vincos na carroceria deixaram o modelo mais parrudo e, na traseira, as lanternas lembram o BMW Série 1. No sedã, a parte de trás remete a um cupê, com o terceiro volume menos saliente. Tá bonito e o porta-malas do sedan pulou de 450 litros para 475 litros", relata da Coreia do Sul o apresentador Silvio Menezes, do programa Carro Arretado.  

"Ele ganha um novo motor 1.0 turbo de 120 cv e itens tecnológicos como: controle de tração e estabilidade, sistema que regula a distância do carro da frente e de permanência em faixa, entre outras atrações. Ele cresce no tamanho e oferece maior espaço interno, mantendo também o motor 1.0 aspirado de 80 cv", complementa o jornalista Cezar Bresolin, do Band Motores, em suas redes sociais. 

Desde o lançamento do HB20 no mercado nacional, há cerca de sete anos, o modelo foi um sucesso de público e crítica não só pelas qualidades inerentes ao projeto, mas por medidas muito corretas por parte da Hyundai para se firmar em um dos segmentos mais disputados do mercado brasileiro. Na época, a marca surpreendeu ao conceder 5 anos de garantia ao compacto, o maior prazo de cobertura dentro da categoria, bem como entregou custos de peças e revisões acessíveis, o que culminou com uma ótima aceitação do HB20 por aqui.

Certamente a marca vai realçar esses atributos no modelo e ainda vai torná-lo ainda mais competitivo com as melhorias técnicas em seu projeto. Por tudo isso, se você está pensando em comprar modelo compacto ainda neste ano, vale a pena aguardar alguns meses pela estreia do novo HB20. A chegada da segunda geração às concessionários deve demorar um pouco ainda, ocorrendo por volta de outubro.  

 
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
Acima a nova geração do Hyundai HB20 apresentada ainda com camuflagem na Coreia do Sul
 
 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!