Novo Honda City poderá usar motor de Civic

Sedã ainda poderá conviver com a geração antiga no mercado indiano. Propulsor 1.5 deve ser novidade por lá
Acima a nova geração do Honda City revelada na Tailândia

Acima a nova geração do Honda City revelada na Tailândia | Imagem: Divulgação

A Honda deve apresentar a próxima geração do City para o mercado indiano em breve. Com isso, mais informações a respeito dessa novidade começam a surgir. Entre os componentes que mudarão estão uma mecânica inédita e o fato de que a marca poderá vender o modelo novo ao mesmo tempo em que mantém o atual em produção.

De acordo com a Autocar India, a Honda está trabalhando na adaptação de um novo propulsor que equipará o City de quinta geração por lá. Com novas regras de emissões em vigor no mercado indiano desde o início de 2020, a marca deve aposentar o atual 1.5 16V de comando simples no cabeçote (SOHC), o mesmo utilizado pelo carro brasileiro.

A ideia seria inicialmente a de adaptar o 1.5 de comando duplo (DOHC) mais novo e utilizado globalmente por Civic e HR-V tanto com aspiração natural quanto com sobrealimentação. No entanto, para City indiano, não se utilizaria um turbo. Para garantir que o propulsor atenda às novas regras de emissão, ele possui componentes mais leves e que provêm mais eficiência, como camisas de cilindro de alumínio

Esse novo 1.5 em forma aspirada consegue entregar 131 cv de potência em outras aplicações, mas, para as condições indianas, seria “amansado” para 121 cv. De qualquer forma é mais potente que o atual. O Honda City 1.5 brasileiro entrega 116 cv apenas quando abastecido com etanol.

A segunda ideia que ainda estaria sendo discutida na Honda antes da estreia do novo City é a possibilidade de a geração atual permanecer em produção junto ao novo sedã. Com isso, a marca conseguiria reduzir os preços do modelo antigo e atingir uma faixa de mercado maior, como vendas para frotistas. Por lá, a Honda não costuma atender taxistas e grandes frotas, mas pode passar a efetuar esse tipo de venda após estudos caso a caso.

Por se tratar de um país emergente como o Brasil, é bom ficarmos de olho nas estratégias da Honda para a Índia uma vez que elas podem antecipar movimentos da subsidiária brasileira. Até o momento não há previsão de estreia da nova geração do Honda City por aqui, porém o sedan completamente revisto deverá chegar ao mercado após a atualização do Fit.  

Acima a quarta geração do Honda Fit revelada no Japão: estreia no Brasil é esperada para 2020
Acima a quarta geração do Honda Fit revelada no Japão: estreia no Brasil é esperada para este ano ou 2021
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!