Ótimas novidades a caminho entre os hatches automáticos

Ford Ka automático deve estrear ainda neste ano, mesmo caminho que será seguido pelo VW Gol
Ford Ka 2019

Ford Ka 2019 | Imagem: Divulgação

Nenhuma montadora pode dar as costas para a procura cada vez maior por parte dos brasileiros pode modelos com transmissão automática em qualquer segmento do mercado. Seja pelo conforto que oferecem no trânsito cada vez mais intenso dos grandes centros urbanos, ou até mesmo a procura cada vez maior do público de Pessoas com Deficiência (PCD) que realizam a compra com isenção, os carros automáticos se firmaram no Brasil.

Os bem-sucedidos Chevrolet Onix e Hyundai HB20 já oferecem há muito tempo esse tipo de câmbio e quem promete dar uma vida nova aos seus representantes na categoria será a Volkswagen e a Ford.

Há muito tempo apostanto no Fiesta como seu hatch automático para o mercado brasileiro, a Ford finalmente se deu conta que o Ka não poderia passar em branco sem essa opção de câmbio. Modelo mais versátil e com melhor espaço interno em relação ao Fiesta – além, é claro, do preço menor – o Ka sem dúvida precisava desse tipo de câmbio.

A Ford por enquanto não confirma, mas já se sabe há muito tempo entre os bastidores que também chegará ao Ka o mesmo conjunto mecânico aplicado no EcoSport de entrada, ou seja, o eficiente motor 1.5 com 3 cilindros atuando em conjunto com a transmissão automática de 6 marchas.

A decisão da marca em adotar um câmbio automático convencional também será muito importante para afastar a imagem nada boa que a caixa de dupla embreagem PowerShift trouxe para o Fiesta, transmissão que mostrou-se muito frágil para nosso mercado e uma fonte de problemas para muitos consumidores por aqui. O Fiesta, apesar de tudo, ainda segue apostando nessa transmissão já que Ford alega ter resolvido os defeitos com uma série de aprimoramentos que promoveu na transmissão.

De qualquer forma, é bem possível que o novo Ka automático figure como uma das grandes atrações da Ford para este ano, bem como a sua nova versão aventureira FreeStyle, a qual deverá ter a primazia para estrear o novo conjunto mecânico bem como atualizações na parte interna como a chegada da central multimídia Sync 3 ao modelo nas configurações hatch e sedã. O Ka três volumes, por sinal, deverá ganhar bem mais competitividade no segmento após a introdução do câmbio automático na linha.

Outro modelo que também deverá surfar na onda dos hatches automáticos será o Volkswagen Gol.

A chegada da caixa automática ao modelo já era especulada há um bom tempo, porém, segundo reportagem do UOL Carros assinada pelo jornalista Leonardo Felix, o presidente da VW para o Brasil, Pablo Di Si, confirmou que o Gol e o Voyage irão ganhar a nova transmissão em conjunto com o motor 1.6 16V.

Essa combinação entre o motor 1.6 16V e a caixa automática também deverá ser aplicada em breve também no Polo e no Virtus em versões que preencherão as lacunas entre as opções 1.6 manual e 1.0 turbo nas respectivas gamas.

A estratégia da Volkswagen é mais do que uma excelente notícia para o Gol e o Voyage, uma vez que as versões I-Motion, que utilizam caixas automatizadas, estão longe de oferecer o mesmo conforto e suavidade ao rodar do que um câmbio automático é capaz de entregar.

Certamente, com essas movimentações, o segmento de hatches e sedãs compactos ficará bem mais competitivo e nós, consumidores, ganharemos excelentes opções!

Assine a newsletter semanal do AUTOO!