Projeto D22: Toyota trabalha em um rival para o Hyundai Creta

Desenvolvido na Índia em parceria com a Suzuki, modelo deverá ter preço competitivo
Toyota (imagem ilustrativa)

Toyota (imagem ilustrativa) | Imagem: Divulgação

Informação apurada nesta semana na Índia que vale a pena acompanharmos de perto também aqui no Brasil. 

Segundo o Autocar India, a Toyota está trabalhando em parceria com a Suzuki no país asiático para desenvolver e produzir localmente um rival direto para o Hyundai Creta e demais SUVs compactos comercializados em países emergentes. 

De acordo com as informações levantadas pelo veículo de imprensa asiático, o projeto, chamado D22, utilizará como base a arquitetura modular global DNGA, criada pela Daihatsu para veículos que precisam ter preço competitivo. A marca em questão é administrada pela Toyota e a plataforma dá vida a projetos como o SUV pequeno Raize comercializado no Japão. 

Na gama Maruti Suzuki, por sua vez, o projeto é conhecido pela sigla YFG. Segundo o acordo firmado entre as duas empresas, caberá à Toyota a produção do futuro SUV para as duas marcas na fábrica de Bidadi. 

O custo-benefício, ou seja, a presença de um bom nível de itens de série a um preço de comercialização competitivo, deverá ser algo para o qual tanto a Toyota quanto a Maruti Suzuki vão dedicar atenção especial.  

É provável que o utilitário esportivo inédito também será beneficiado com o expertise da Toyota em conjuntos propulsores híbridos, tendo até uma opção eletrificada plug-in capaz de oferecer curto alcance em modo 100% elétrico. 

Acima o Toyota Raize vendido no Japão: modelo produzido sobre a arquitetura DNGA
Acima o Toyota Raize vendido no Japão: modelo produzido sobre a arquitetura DNGA
Imagem: Divulgação

E para o Brasil? 

Como já abordamos aqui no AUTOO, é praticamente certo que a Toyota vai fabricar, a partir de 2023, o Yaris Cross no Brasil

Trata-se de um SUV compacto sofisticado, já à venda na Europa, e que posicionará a marca japonesa em um segmento de alto volume no país. 

Atualmente o Yaris Cross é produzido na França e conta com 4,18 m de comprimento, 1,76 m de largura e 1,56 m de altura, com entre-eixos de 2,56 m. 

No Velho Continente, o SUV tem opção de tração integral (AWD-i) e um de seus destaques fica por conta da motorização híbrida, que toma como base o motor 3 cilindros 1.5 a combustão. O sistema entrega 116 cv de potência combinada e um ponto positivo fica por conta da eficiência térmica do propulsor, que atinge a casa de 40%, superando até mesmo alguns motores diesel com deslocamento equivalente. 

Apesar de o projeto D22 da parceria entre Toyota e Suzuki ter ares de que ficará mesmo restrito ao mercado indiano, sem dúvida é uma iniciativa que pode ser aproveitada por outros mercados emergentes, quem sabe até influenciando a Toyota aqui no Brasil no desenvolvimento de um futuro produto. Vamos acompanhar de perto! 

Toyota Yaris Cross 2021
Toyota Yaris Cross: modelo será o SUV compacto nacional da marca a partir de 2023
Imagem: Divulgação
Tags