Recall mundial do Fusion chega ao Brasil

Bomba de combustível do tanque pode trincar e causar vazamentos; há risco de incêndio

Ford Fusion 2013 | Imagem: Divulgação

A Ford, que chegou a excluir o Brasil do recall mundial do Fusion, voltou atrás e confirmou que o modelo também passará pela manutenção de emergência no País. A companhia norte-americana apenas cedeu ao procedimento após o Ministério da Justiça cobrar a medida da montadora.

O recall foi anunciado inicialmente somente nos mercados do México, Canadá e Estados Unidos. São mais de 465 mil veículos envolvidos na ação.

Há possibilidade do carro apresentar trincas na bomba de combustível do tanque com consequente vazamento de combustível que, em alguns casos, pode provocar incêndios.

O recall será resumido à inspeção da bomba e, caso o componente esteja envolvido no lote afetado, ele será substituído. O tempo previsto para o reparo é de aproximadamente duas horas para a inspeção e, se necessário, 2 horas e 30 minutos para sua posterior alteração.

Veja mais: Onix, Prisma, Cobalt e Spin têm recall

O início do atendimento será no dia 24 deste mês (junho) e o agendamento deve ser feito por meio da central de atendimento Ford pelo telefone 0800 703 3673 ou um distribuidor Ford de sua preferência. Mas lembre-se: o problema é grave e o recall deve ser agendado imediatamente.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!