Renault Koleos estreia aprimoramentos na Argentina; SUV não está previsto para o Brasil

Modelo é comercializado no país vizinho desde 2018 e sua importação já foi cogitada para nosso mercado
Acima o Renault Koleos atualmente vendido na Europa

Acima o Renault Koleos atualmente vendido na Europa | Imagem: Divulgação

Enquanto a Renault não atua em um segmento cada vez mais promissor aqui no Brasil, no caso o de SUVs médios, os vizinhos argentinos já contam com a presente geração do Koleos desde 2018. Nesta semana, as primeiras unidades da linha 2021 do modelo começaram a desembarcar por lá, trazendo um pequeno aprimoramento visual na dianteira.

Importado para a Argentina tendo como país de origem a Coreia do Sul, o Koleos 2021 oferece por lá motor 2.5 aspirado com 170 cv associado a uma transmissão automática CVT e sistema de tração integral.

Até a linha 2020, o Koleos chegava ao país vizinho também com uma variante com tração dianteira, a qual, apesar do preço mais convidativo, deveria registrar uma procura menor em relação ao catálogo topo de linha.

Além da revisão estética na dianteira, o Koleos 2021 oferece também novas rodas de liga leve e apliques imitando madeira no interior.

Acima o Renault Koleos atualmente vendido na Europa
Acima o Renault Koleos atualmente vendido na Europa
Imagem: Divulgação

Com 4,67 m de comprimento e 2,70 m de entre-eixos, o Koleos tem um porte interessante e seria um excelente rival para Chevrolet Equinox, VW Tiguan Allspace, Ford Territory, entre outras novidades que estão para chegar ao país como o Citroën C5 Aircross.

Outro ponto forte do Koleos é o seu nível de equipamentos, com a presença de recursos como o sistema de som Bose com 13 alto-falantes, central multimídia com tela de 8,7” e formato tablet, além de assistentes de condução avançados entre eles o assistente de estacionamento, alerta de pontos cegos, apenas para citar os principais.

Apesar de já exposto no Salão de São Paulo em 2016 e de certa forma confirmado à época pela Renault para o mercado brasileiro, as intermitências econômicas do país fizeram a marca rever alguns planos.

Procurada nesta terça-feira (1°) pelo Autoo, a Renault nos informou que "em momentos de instabilidade de moeda, viabilizar projetos de carros importados fica mais difícil. Não está prevista a comercialização do Koleos no Brasil".