Renault Kwid surge com novo visual na Índia

Modelo mais vendido da marca no Brasil foi flagrado com frente baseada no elétrico K-ZE
O novo Kwid: frente atualizada após quatro anos

O novo Kwid: frente atualizada após quatro anos | Imagem: Reprodução/Auto Punditz

Lá se vão mais de quatro anos desde que o Kwid apareceu pela primeira vez. O subcompacto da Renault foi apresentado em maio de 2015 na Índia, país conhecido pelo mercado focado em pequenos veículos. E é de lá que surgem as principais novidades do modelo como a variante familiar Triber e agora sua primeira reestilização.

Imagens publicadas pelo site Auto Punditz nos últimosdias mostram um exemplar do Kwid sem qualquer disfarce dentro do que parece ser uma instalação da Renault na Índia (clique na imagem acima para acessar a galeria). O modelo, da versão local Climber, não nega a inspiração, o K-ZE, nada mais que um Kwid elétrico.

Como as imagens revelam, a frente do Kwid exibe a nova grade da Renault e faróis superiores de LED. No volumoso para-choque estão um conjunto enorme de faróis que fazem o atual carro parecer tímido. A mesma disposição para mudanças não ocorreu nas laterais e traseira, que mostram diferenças mínimas com o atual Kwid.

Chamado de Kwid 2020 na Índia, o hatch subcompacto com ares aventureiros promete boas mudanças no interior. Seguindo o estilo introduzido pela minivan Triber, o modelo ganhará painel de instrumentos em LED e uma enorme tela de 8 polegadas da central multimídia MediaNAV Evolution no console.

Situação confortável no Brasil

É claro que ver um carro vendido no Brasil ser atualizado no exterior provova perguntas sobre a chegada dessa novidade por aqui, mas no caso do Kwid a situação é extremamente confortável para a Renault.

A marca está focada agora no novo Duster, SUV que deve ser lançado no primeiro semestre do ano que vem. Até lá o Kwid terá apenas três anos de mercado, pouco tempo para um carro de entrada, cujas mudanças costumam demorar.

Com a boa aceitação do modelo no Brasil (hoje é o 5º veículo mais vendido no mercado), o Kwid só deve ganhar uma atualização a partir de 2021. Quem sabe até lá a Renault não resolva usar o Salão do Automóvel, em novembro do ano que vem, para antecipar como o modelo ficará.

 

Renault K-ZE
O elétrico K-ZE foi inspiração para as mudanças do Kwid, como era esperado
Imagem: Divulgação

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!