Renault Racoon deve ser futuro Mégane SUV

Equipado com a plataforma do Qashqai e motores de três e quatro cilindros, Racoon vai recolocar a Renault na Br

Projeção antecipa linhas do Renault Racoon | Imagem: Reprodução

O Koleos fez o papel de SUV médio na Renault por algum tempo, mas não chegou a empolgar. Apesar disso, a Renault vai continuar investindo no segmento e se prepara para lançar o novo Racoon – mesmo nome usado por um conceito da montadora francesa apresentado em 1992 –, para substituir o utilitário esportivo atual e, de quebra, reposicionar a empresa na categoria.

A novidade está sendo tratada pela imprensa internacional como o “Mégane SUV”, já que o novo Renault Racoon deve compartilhar diversos componentes com o hatch/sedã médio. A plataforma, porém, será a CMF (Common Module Family), a mesma que equipa a atual geração do Nissan Qashqai, o que dará medidas semelhantes ao SUV japonês, com aproximadamente 4,5 metros de comprimento.

Quanto a gama de motores, o Racoon deve oferecer versões de três e quatro cilindros, com direito a sistema start/stop. Poderá haver ainda uma versão híbrida. Por fim, nos equipamentos, o SUV vai se destacar nos itens de segurança e assistência de condução, como detector de movimento, alerta de mudança involuntária de faixa, sistema de anti-colisão frontal, monitoramento de ponto cego, entre outros.

Ao que tudo indica, o Racoon será lançado ainda em 2015, provavelmente com apresentação no Salão de Genebra, em março. O modelo tem chances de chegar ao Brasil, já que a divisão nacional da Renault não possui um rival para os coreanos Hyundai ix35 e Kia Sportage, por exemplo. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!