Esqueça aquele sedã tradicional, com três volumes bem definidos e uma carroceria comportada. Para se destacar em um mundo onde os SUVs estão dominando e atrair clientes mais jovens em seu principal mercado, no caso os EUA, o Honda Accord sofreu uma profunda revisão nos caminhos do design que conduzem à 10ª geração do modelo. 

Assim como o Honda Civic abraçou de vez um estilo mais esportivo a partir da 8ª geração – solução encontrada até mesmo para se diferenciar do Toyota Corolla – a Honda foi pelo mesmo caminho com o Accord, que passa contar com um estilo bem mais cupê do que um sedã tradicional. Basta olhar nas fotos e no vídeo e notar a caída bem pronunciada do teto e a traseira curta arrematando o conjunto.

Para tornar o Accord 2019 mais esportivo, a Honda também incluiu na versão topo de linha Touring, a única que será importada ao Brasil, rodas de liga leve aro 18” bem agressivas e uma grade frontal mais vertical e destacada, que é responsável por conferir uma certa “cara de mau” para o sedã. O conjunto de iluminação dianteira full-LED é outro reforço para deixar o novo Accord mais arrojado.

Segundo a Honda, a mudança no design do Accord tornou a 10ª geração 3% mais eficiente em termos aerodinâmicos. A estrutura do modelo também foi consideravelmente apriorada e graças ao uso de muito mais aços de ultra alta resistência, o modelo ficou cerca de 80 kg mais leve em relação a geração anterior e a rigidez torcional foi melhorada em 32%.

Isso tudo colabora não só para a segurança e o conforto ao rodar, ao reduzir o nível de ruído interno e vibrações, como traz ganhos em comportamento dinâmico. Esse, aliás, é um atributo que passa a fazer parte do Accord em sua nova geração em especial graças a introdução de um conjunto mecânico bem mais sofisiticado em relação ao Accord anterior vendido aqui.

Agora o modelo traz sob o capô um moderno 2.0 turbo de 256 cv e 37,7 kgfm de torque máximo disponível desde 1.500 rpm, uma das vantagens da sobrealimentação. Mas o que chama mais a atenção no novo Accord 2019 é a transmissão, no caso uma caixa automática de 10 marchas desenvolvida pela própria Honda. Basicamente ela combina 4 conjuntos de planetárias para criar as relações de marchas. De acordo com a Honda, essa caixa é cerca de 10 kg mais leve que a transmissão automática de 6 marchas oferecida no Accord.

Ao volante, o câmbio surpreende pela suavidade, rapidez nas trocas e inteligência na operação. Para colaborar com o desempenho, ela pode realizar reduções diretas de até 4 marchas, passando da 10ª para a 6ª ou da 7ª para a 3ª, por exemplo. As marchas mais altas, explica a Honda, funcionam como um super overdrive, algo que constatamos na prática. Na estrada, com o Accord a uma velocidade constante de 120 km/h, o motor conseguia trabalhar em uma rotação em torno de 1.700 rpm, algo notável para essa faixa de velocidade em um motor a gasolina. O ganho é refletido no consumo, que, segundo dados oficiais, fica em 9 km/l na cidade e 12,3 km/l na estrada. 

Interessante destacar que o novo Accord obviamente não deixou de lado o cuidado com o conforto ao rodar que o cliente desse tipo de modelo deseja, mas está com um comportamento dinâmico um pouco mais esportivo, portanto coerente com tudo o que seu design externo quer transparecer. O modelo traz até um modo esportivo na versão Touring.

Por não ter mais que lidar com um pesado e grande motor V6 a partir de agora, o Accord em sua 10ª geração ficou 14 mm menor em relação ao anterior, somando 4,88 m de um para-choque a outro. Essa redução ocorreu justamente pelo fato das equipes de engenharia e design não precisarem mais fazer um “cofre” para o motor muito grande. O entre-eixos, por sua vez, cresceu 55 mm e totaliza 2,83 m. O porta-malas também oferece mais 68 litros de espaço para bagagens, entregando excelentes 574 litros.

No habitáculo, o Accord 2019 segue oferecendo o amplo espaço interno que se espera de um sedã médio-grande. Em qualquer banco, os passageiros encontram espaço de sobra. Com os bancos mais deslocados para trás graças ao ganho no entre-eixos, o espaço para as pernas de quem ocupa o banco traseiro cresceu 48,3 mm.

As colunas ficaram 20% mais estreitas no Accord 2019, bem como o painel mais baixo, mas o que se destaca no interior do novo Accord é o bom nível dos materiais escolhidos para a cabine. O couro, os plásticos, teclas e botões de fato transparecem um conteúdo mais nobre para o carro. A Honda vai oferecer apenas três opções de cores para a carroceria do Accord 2019 no Brasil (Platinum White Pearl, Lunar Silver Metallic e Cristal Black Pearl), sendo que se destaca o belo interior Marfim oferecido apenas com a pintura externa na cor branca. Com a opção do revestimento de couro claro, a sensação é que o novo Accord se torna ainda mais refinado.

O ponto alto da nova geração do Accord no Brasil vai para a estreia no país do pacote Honda Sensing, que reúne alguns dos principais assistentes de condução mais modernos disponíveis no mercado. Ele é composto pelo controlador de velocidade adaptativo (ACC) com o assistente de condução em baixa velocidade (LSF), alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência (CMBS), assistente de permanência em faixa (LKAS) e o sistema para mitigação de evasão de pista (RDM). Tudo isso, é claro, colabora muito para a segurança dos passageiros a bordo do veículo e fica claro que o novo Accord abre as portas para que outros modelos da Honda ofereçam o sistema aqui no Brasil. Em mercados como os EUA, o Honda Sensing já é amplamente difundido pela gama.

Claro que a lista de itens de série do Accord 2019 no Brasil não para por aí e também contempla teto solar, 8 airbags, o sistema Lane Watch para minimizar pontos cegos no retrovisor direito, chave presencial, controles de tração e estabilidade, carregamento de smartphones por indução, head-up display, chave presencial e uma central multimídia com câmera de ré, os principais sistemas de espelhamento e tela de 8”. Merece destaque também o ótimo sistema de som do modelo com 10 alto-falantes e 452W de potência.

Um modelo mais do que maduro, o Honda Accord em sua 10ª geração traz vários atributos positivos, com especial destaque para a introdução do pacote de tecnologia Honda Sensing, o exemplar conjunto mecânico e salto na qualidade do acabamento interno.

A grande questão é que a Honda optou por não ser competitiva nesse segmento e vai cobrar caro demais pelo novo Accord no Brasil, tanto é que espera vender apenas 130 unidades do sedã ao longo de 2019. Mesmo com todas as evoluções que recebeu, fica difícil justificar pagar R$ 198.500 em um Accord Touring sabendo que hoje em dia no mercado você encontra um Ford Fusion em sua versão topo de linha por R$ 159.900 ou um Volkswagen Passat Highline a R$ 164.620. Além de mais barato, o Ford é tão bem equipado quanto o novo Accord e ainda conta com um diferencial muito relevante que é a presença do sistema de tração integral. Além disso, o Fusion por esse valor conta com o assistente de estacionamento, recurso ausente no Honda Sensing presente no Accord destinado ao Brasil. Logo, se você não mão de levar um Honda para casa e deseja um modelo maior que o Civic, é claro que o Accord 2019 é uma boa pedida, mas, caso você esteja mais aberto ao mercado, vale a pena direcionar a escolha para o Ford.  

 
 
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
Honda Accord 2019
Honda Accord 2019
 
 

Ficha técnica

Honda Accord 2019 Touring 2.0 16V gasolina automático 4p
Preço R$ 198.500 (11/2018)
Categoria Sedã grande
Vendas em 2017 122 unidades
Motor 4 cilindros, 1998 cm³
Potência 256 cv a 6500 rpm (gasolina)
Torque 37,7 kgfm a 1500 rpm
Dimensões Comprimento 4,889 m, largura 1,862 m, altura 1,46 m, entreeixos 2,83 m
Peso em ordem de marcha 1547 kg
Tanque de combustível 56 litros
Porta-malas 574 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |