Toyota investe R$ 50 milhões para garantir renovação do Corolla nacional

Quantia será destinada para a unidade de Indaiatuba (SP), que produz o sedã desde 1998
Sugestão de Kleber Silva para o facelift do Toyota Corolla

Sugestão de Kleber Silva para o facelift do Toyota Corolla | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Boa notícia nesta quinta-feira (31) envolvendo tanto o setor automotivo quanto a economia do país. 

A Toyota anunciou investimento de R$ 50 milhões em Indaiatuba (SP) com o objetivo de preparar a fábrica paulista para a “reestilização de meia vida da atual geração do Corolla”, detalha a fabricante japonesa. 

Vale destacar que o sedã é produzido por lá desde 1998 e a unidade de Indaiatuba também se tornou a primeira fábrica na América Latina a produzir um veículo eletrificado, com a estreia da 12a geração do sedã em 2019. 

Para o projeto, a Toyota investiu R$ 1 bilhão na unidade paulista, fazendo também do Corolla nacional o primeiro automóvel híbrido flex do mundo. 

A Toyota do Brasil detalha que os R$ 50 milhões investidos em Indaiatuba será uma quantia fundamental para aquisição de novas tecnologias na linha de montagem da unidade, sinalizando que a atualização do atual sedã médio líder em vendas no Brasil poderá trazer um conteúdo de itens de série e tecnologia ainda mais sofisticado.  

Facelift

Como noticiamos em fevereiro, a Toyota deverá apresentar, em escala global, o facelift da presente geração do Corolla por volta do fim deste ano.

Segundo informações extra-oficiais apuradas pela imprensa especializada japonesa, são esperados aprimoramentos estéticos na parte frontal do modelo, como a revisão de estilo para os faróis, para-choque e grade dianteira. 

Internamente, o Corolla poderá ganhar a opção do painel de instrumentos totalmente digital nos mercados onde o recurso ainda não é oferecido, enquanto a central multimídia, por sua vez, poderá ser aprimorada com a opção de telas maiores e capacidade de processamento superior. No quesito tecnologia embarcada, o pacote Toyota Safety Sense de assistentes de condução poderá receber mais recursos de segurança e auxílio ao motorista. 

Considerando que a Toyota ainda precisará atualizar a fábrica de Indaiatuba, provavelmente o facelift para o sedã nacional deverá ser apresentado somente em 2023, inaugurando a linha 2024 do modelo. 

A atualização para o sedã chegará na hora certa, uma vez que a Honda vai retomar sua presença na categoria com a importação do novo Civic a partir do segundo semestre deste ano, ao que tudo indica apostando em um conjunto mecânico híbrido. 

Detalhe da linha de montagem do Toyota Corolla em Indaiatuba (SP)
Detalhe da linha de montagem do Toyota Corolla em Indaiatuba (SP)
Imagem: Divulgação