Toyota RAV4 liderou ranking de menor desvalorização em 2020

Após um ano de uso, unidades do SUV não só não perderam valor como ficaram mais caras. Veja a lista completa
Toyota RAV4 2019

Toyota RAV4 2019 | Imagem: Divulgação

Com um ano atribulado por conta da pandemia, o setor automotivo está operando em queda de 28,1% na produção entre janeiro e novembro na comparação com igual período de 2019. Os números da associação de fabricantes (Anfavea) levam em consideração carros, comerciais leves, caminhões e ônibus.

Você viu aqui a lista dos carros que mais desvalorizaram em 2020. Os dados foram divulgados pela Kelley Blue Book Brasil, especializada em precificação de automóveis. Porém, os constantes reajustes de preços por conta da valorização do dólar e a produção mais lenta geraram um efeito atípico: ao longo de 2020, alguns carros seminovos se valorizaram muito após 12 meses de uso na comparação com seu preço original 0 km.

Confira quais foram:

Os carros que mais valorizaram no Brasil em 2020

Land Rover Range Rover Vogue

Versão mais cara da linha de SUVs de luxo da marca britânica, o Range Rover Vogue viu seus preços de comercialização no mercado de seminovos subirem 2,70% ao longo deste ano na comparação com seu valor original novo. Mesmo após um ano de uso.

Audi Q3

Um dos modelos mais vendidos da Audi no Brasil, o Q3 se aproveitou dos fatores citados acima e ainda foi de encontro com a maior demanda por SUVs compactos premium. Assim, após 12 meses de uso, seu preço médio de comercialização como seminovo valorizou 3,37% ao longo de 2020.

Audi Q3 2020
Audi Q3 2020
Imagem: Divulgação

Mercedes-Benz C63 AMG

A opção esportiva do principal sedã da Mercedes-Benz no Brasil também ficou mais caro ao longo de 2020, mesmo usado. Enquanto o Classe C deixará de ser feito no Brasil nas versões convencionais, o esportivo C63 AMG viu uma valorização de 5,49% neste ano na comparação com o que foi cobrado originalmente.

Mercedes-Benz Classe A Sedan

Um dos modelos mais “acessíveis” da marca da estrela de três pontas no Brasil, o Classe A Sedan também entra na lista. Ao invés de perder dinheiro para os proprietários, o modelo viu seu preço médio de comercialização subir 5,95% ao longo de 2020 na comparação com o que era cobrado pelo carro 0 km.

Mercedes-Benz Classe A Sedan 2019
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2019
Imagem: Divulgação

Volkswagen Tiguan Allspace

Enquanto alguns SUVs de entrada enfrentaram dificuldades nas vendas em 2020, o mesmo não pode ser dito do Tiguan. O modelo da VW contraria a lógica e tem maior demanda pelas versões mais caras, com motor 2.0. Assim, seu preço médio de comercialização ficou 6,16% mais elevado após um ano de uso.

Volkswagen Tiguan Allspace 2019
Volkswagen Tiguan Allspace 2019
Imagem: Divulgação

Mercedes-Benz GLE

Mais um SUV premium que entrou na lista, o Mercedes-Benz GLE está fazendo a alegria de quem comprou uma unidade em 2020. Ao longo do ano, unidades com 12 meses de uso estão saindo em média 6,58% mais caras que o valor original de compra quando 0km.

Mercedes-Benz G63 AMG

A nova geração do SUV mais emblemático da marca, apesar de caro, ao menos não está dando prejuízos aos donos na configuração esportiva G63 AMG. Após 12 meses de uso, seu preço médio de venda no mercado aumentou 7,23% na comparação com o valor original.

BMW M2

Uma das opções mais divertidas oferecidas hoje pela BMW, o M2 está colhendo os frutos para os proprietários que optaram por levá-lo para casa. Ele foi o terceiro carro que mais valorizou. Ao longo de 2020, o preço de comercialização do sedã esportivo com tração traseira subiu 7,38% após um ano de uso.

Mercedes-Benz AMG GT

O ano de 2020 foi bom para quem optou pela compra de esportivos topo de linha. Além do BMW M2, o Mercedes-Benz AMG GT foi o segundo carro mais valorizado no período. Em média, seu preço de comercialização após 12 meses de uso subiu 8,52%.

Toyota RAV4

Com opção de motorização híbrida e preços elevados, o Toyota RAV4 surpreendeu pela alta procura que gerou longas filas de espera logo após seu lançamento. Além da demanda alta, os preços do modelo, importado, sofreram elevados reajustes. O resultado é que o SUV foi o carro que mais valorizou no Brasil em 2020 após um ano de uso: 12,47%.

Toyota RAV4 2019
Toyota RAV4 2019
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!