Toyota reconhece que segmento de SUVs compactos é ''importante'' no Brasil

Principal executivo da marca no país comentou a possibilidade da empresa atuar na categoria
Daihatsu DN Trec: revelado em 2017, conceito pode antecipar o futuro SUV compacto nacional da Toyota

Daihatsu DN Trec: revelado em 2017, conceito pode antecipar o futuro SUV compacto nacional da Toyota | Imagem: Divulgação

Prestes a abocanhar um quarto do mercado automotivo nacional, os utilitários esportivos provam que são o novo Norte para as fabricantes não só aqui no Brasil como ao redor do mundo.

Hoje uma ausência muito sentida no segmento de Jeep Renegade, Hyundai Creta e cia., a Toyota começa a ensaiar seus movimentos para entrar em uma das categorias mais disputadas do momento.

Durante o lançamento do novo Corolla 2020 no país, o Autoo questionou o presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang, sobre o interesse da marca em entrar no segmento por aqui. “Eu acho que é muito cedo para falarmos de um SUV compacto da Toyota fabricado aqui, mas é claro que todos podem ver a importância e a relevância do segmento por aqui”, declarou, de forma cautelosa, o executivo.

Se a Toyota não confirma – mas também não desmente que planeja entrar na categoria – nos bastidores os rumores sobre o assunto ganham cada vez mais força nas últimas semanas. De acordo com apurações de veículos de imprensa especializados no setor industrial, a Toyota deve anunciar até o fim deste ano um novo investimento para a unidade paulista de Sorocaba com o objetivo de prepará-la exatamente para a fabricação de um SUV compacto.

Outro fato relevante que surgiu nos começo deste mês foi a apresentação da nova plataforma modular da Toyota para automóveis compactos. Chamada de GA-B, ela tem grande chance de dar vida ao SUV compacto da marca no Brasil. Bastante avançada e moderna, a GA-B está inserida no conceito de fabricação TNGA (Toyota New Global Architecture) e deverá conferir aos modelos que a utilizarem como base um nível superior de segurança, comportamento dinâmico e equipamentos.

Além disso, a GA-B também está pronta para a eletrificação, tendência cada vez mais forte para os próximos anos e que poderá ser um diferencial para o futuro SUV compacto da Toyota. A conterrânea Nissan, por sua vez, não esconde que trabalha em uma variante híbrida para o Kicks brasileiro, que deverá estrear por volta de 2022. A previsão é que o SUV compacto nacional da Toyota chegue ao mercado em um prazo parecido. Vamos acompanhar de perto os próximos passos da marca por aqui.

Acima a linha de produção em Sorocaba (SP): fábrica pode ser atualizada para receber o inédito SUV compacto
Acima a linha de produção em Sorocaba (SP): fábrica pode ser atualizada para receber o inédito SUV compacto
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!