Tracker descola dos concorrentes e torna-se o SUV mais vendido do Brasil em setembro

SUV compacto da Chevrolet supera o Jeep Compass e lidera vendas no segmento
Chevrolet Tracker 2021

Chevrolet Tracker 2021 | Imagem: Divulgação

Em um ano bastante atípico e repleto de novidades entre os carros e marcas mais vendidas, o segmento de SUVs contou com um novo líder em setembro.

Ao somar 6.403 unidades emplacadas, o Chevrolet Tracker foi o SUV mais vendido no mercado brasileiro em setembro. Em segundo lugar ficou o Jeep Compass, escolha de 6.042 consumidores.

Logo depois aparecem o Jeep Renegade (5.748), Hyundai Creta (5.402) e VW T-Cross (4.729 emplacamentos) fechando o ranking dos cinco SUVs mais vendidos em setembro.

Amparado pelas unidades vendidas para o público PcD antes da pandemia - e que agora começam a ser emplacadas - o Tracker ainda conta com um efeito semelhante ao visto no VW T-Cross em julho.

De qualquer forma, o Chevrolet Tracker em sua nova geração trouxe para o segmento uma receita bem-sucedida, que mescla custo-benefício agressivo com um bom pacote de itens de série e tecnologia a bordo, além de conjuntos mecânicos eficientes.

Neste mês, como já confirmado pela Chevrolet, estreiam as versões LTZ e Premier com motorização 1.0 turbo para o Tracker, o que deve favorecer a competitividade do SUV compacto no segmento.

Confira, abaixo, um resumo dos 10 SUVs mais vendidos em setembro de 2020 independente do porte:

1º - Chevrolet Tracker - 6.403 unidades

2º - Jeep Compass - 6.042

3º - Jeep Renegade - 5.748

4º - Hyundai Creta - 5.402

5º - Volkswagen T-Cross - 4.729

6º - Nissan Kicks - 4.025

7º - Honda HR-V - 3.314

8º - Volkswagen Nivus - 3.203

9º - Ford EcoSport - 2.072

10º - Renault Duster - 1.831

Jeep Compass, o segundo SUV mais vendido em setembro de 2020
Jeep Compass, o segundo SUV mais vendido em setembro de 2020
Imagem: Divulgação