A Volkswagen escolheu o Salão de Detroit deste ano para apresentar ao mundo a sétima geração do Jetta, modelo que tem nos EUA seu principal mercado. Como já havíamos antecipado aqui no Autoo, o modelo está maior e mais sofisticado, além de ser construído a partir de agora sobre a moderna plataforma MQB.

Segundo números da Volkswagen, cerca de 17,5 milhões de unidades do Jetta já foram produzidas desde o lançamento do modelo na Europa em 1979, quando foi apresentado com a premissa de um “Golf com porta-malas maior”. A partir da quarta geração, introduzida no Velho Continente em 1998, o sedã passou a ser chamado de Bora e chegou ao Brasil com o mesmo nome em 2001. Na quinta geração, por sua vez, o modelo resgatou as origens e voltou a adotar o nome Jetta na Europa e também em nosso país. Também foi na quinta geração que o sedã chegou à China, onde é conhecido como Sagitar. A partir da sexta geração, lançada globalmente em 2010, o Jetta tomou um caminho próprio dentro da gama VW, separando-se do Golf e passando a atuar como um modelo independente.

Aqui no Brasil o Jetta sempre foi um modelo associado com o caráter esportivo de sua motorização 2.0 TSI, mas atua como um coadjuvante na categoria liderada no Brasil pelo Toyota Corolla. Como você pode conferir em nosso ranking, o Jetta encerrou 2017 como o 4º sedã médio mais vendido no país. Pelas credenciais de sua sétima geração, contudo, o modelo tem tudo para almejar posições mais elevadas no segmento.

Além do novo visual, o Jetta 2019 conta com uma série de aprimoramentos técnicos relevantes. O coeficiente aerodinâmico do sedã, por exemplo, foi aperfeiçoado em torno de 10%, passando a ostentar uma elogiável marca de 0,27. Essa facilidade em vencer a resistência do ar se traduz em menor consumo de combustível, menor nível de emissões e até mesmo ajuda a melhorar o desempenho. 

Em termos de tamanho, a sétima geração do Jetta passa a contar com 4,70 m de comprimento, um ganho de 43 mm. O entre-eixos ganhou outros 35 mm, passando para 2,68 m, enquanto a largura no Jetta 2019 fica em 1,79 m (+ 21 mm) e a altura atinge 1,45 m (+ 6 mm). Segundo a VW, se o Virtus ficou praticamente com as mesmas dimensões do Jetta atual, a nova geração do sedã médio o aproxima ainda mais do Passat europeu (o mesmo vendido no Brasil e diferente do Passat destinado aos EUA). 

O balanço dianteiro (distância entre o centro das rodas e a extremidade do para-choque) foi reduzido em 10 mm, um recurso para melhorar o comportamento dinâmico do modelo e conferir um visual mais elegante e esportivo ao sedã. O balanço traseiro, por sua vez, foi ampliado em 18 mm e permitiu ao Jetta 2019 manter o bom porta-malas com capacidade para 510 litros, presente desde a geração passada. 

No campo da tecnologia e recursos de assistência a condução, o Jetta 2019 deverá se posicionar como um dos sedãs médios mais avançados do segmento. 

Beneficiado pela modernidade de sua plataforma MQB, o Jetta 2019 poderá receber em sua versão mais completa recursos como a frenagem autônoma de emergência (Front Assist com Autonomous Emergency Braking), monitoramento de pontos cegos nos retrovisores, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego traseiro em manobras de marcha a ré, farol alto com comutação automática, controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo, dentre outros recursos.

Na parte interna, a Volkswagen promete uma série de recursos para tornar a cabine do Jetta mais sofisticada, como a opção de teto solar panorâmico e um sistema de iluminação indireta utilizando LEDs na cabine. Além do motorista e passageiros poderem escolher entre 10 opções de cores para a cabine, o modelo contará com perfis especiais. No perfil Normal, a tonalidade que prevalece no interior é a branca. No modo Sport a cabine ganha cor vermelha e, no perfil Eco, a cor que predomina é a azul. A iluminação por LED também está presente nas luzes diurnas, nas lanternas e os faróis também operam com esse tipo de tecnologia. 

O Jetta também será equipado com o painel de instrumentos digital com tela de 10,2” que agrupa as informações sobre o carro. A Volkswagen também vai equipar o sedã com a geração mais recente de sua central multimídia oferecendo suporte ao Apple CarPlay, Android Auto, dentre outros recursos. A partir da versão SEL nos EUA, o Jetta poderá ser equipado com um sistema de som projetado pela Beats by Dre.

No campo dos motores, a Volkswagen adiantou apenas que o Jetta nos EUA será equipado com seu mais recente motor 1.4 TSI. Com turbo e injeção direta de combustível, ele entrega até 150 cv a 5.000 rpm e 25,4 kgfm de torque a 1.500 rpm. O sedã nos EUA poderá receber a transmissão manual de 6 marchas em sua configuração de entrada ou um novo câmbio automático de 8 marchas. Até o momento a Volkswagen não citou a presença do motor 2.0 TSI na nova geração do Jetta, pelo menos no sedã oferecido nos EUA. Talvez essa proximidade em porte com o Passat europeu possa fazer com que a VW deixe de oferecer a motorização 2.0 TSI no Jetta, deixando-a como uma exclusividade do sedã médio-grande até para diferenciar os modelos. Vamos aguardar um posicionamento oficial da Volkswagen sobre o assunto. 

O Jetta 2019 começa a ser vendido neste trimestre no México e, nos EUA, o sedã chegará às concessionárias a partir do segundo trimestre. Procurada pelo Autoo, a Volkswagen ainda não informou uma previsão de lançamento da nova geração do Jetta por aqui. Já se sabe, contudo, que a chegada do Jetta 2019 ao Brasil é certa e deverá ocorrer ainda neste ano assim como nos mercados da América do Norte.  

 
 
Volkswagen Jetta 2018
 
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
 
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
 
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
 
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
 
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2018
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
Volkswagen Jetta 2019
Volkswagen Jetta 2019
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/